Defesa Civil do Estado e técnicos do IPT avaliam erosão em bairro de Taubaté

(Foto: Divulgação/PMT)

Na manhã de sexta-feira (20), uma equipe formada por agentes da Defesa Civil do Estado e Técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado (IPT), estiveram em Taubaté, para avaliação conjunta com os órgãos municipais da erosão formada na avenida Santina Alvissus Fernandes, no Jardim Mourisco.

Até o momento nove imóveis permanecem interditados pela Defesa Civil do município e um parecer da avaliação realizada pelos técnicos do IPT e da Defesa Civil do Estado deve ser concluído nas próximas semanas.

As famílias seguem sendo acompanhadas pela Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social e Secretaria de Habitação da Prefeitura.

Na tarde desta sexta-feira, uma nova reunião com os moradores e as secretarias envolvidas foi realizada para tratar sobre os pertences das famílias nos imóveis interditados durante o período das obras.

A Prefeitura destaca que nenhuma família ficará desamparada e que diversas secretarias estão empenhadas e trabalhando em conjunto para solucionar o problema o mais breve possível.

No local a Prefeitura matem a segurança durante 24h com agentes da Guarda Municipal, além do monitoramento constante com a base móvel da Defesa Civil de Taubaté.

Botão Voltar ao topo