Lideranças comunitárias projetam melhorias com Via Jaguari em São José

Lideranças comunitárias da zona norte durante vistoria nas obras da Via Jaguari. Foto: Divulgação/PMSJC)

Um grupo de 20 lideranças comunitárias da região norte de São José dos Campos visitou as obras da Via Jaguari, na terça (17), e na quarta-feira (18), para ver de perto a construção do novo acesso à região norte, que terá investimento de R$ 52,3 milhões. As obras foram iniciadas na semana passada.

A nova via terá 5,6 quilômetros, interligando a região norte e a região central da cidade com a criação de um novo acesso viário. A Via Jaguari vai desafogar o trânsito em ruas e bairros da região, além de reduzir o tráfego de caminhões, promovendo mais segurança para moradores e motoristas.

A visita ao canteiro de obras foi acompanhada por representantes do Departamento de Relações Comunitárias da Prefeitura e da Secretaria de Mobilidade Urbana. Técnicos da empresa responsável pela obra também estiveram presentes e deram instruções de segurança.

Aprovação popular

No local, os visitantes, de colete e capacete, observaram de perto o serviço de campo, com a abertura de via e a implantação de fundação de aterro, além de tirar dúvidas com técnicos da secretaria de mobilidade.

Funcionário público por cerca de 30 anos, o aposentado Luís Carlos França, 70 anos, fez questão de ver as obras de perto.

“Vim conhecer a obra nova, pois ela é muito importante para a região da zona norte, que em tamanho territorial é a maior de São José. A zona norte vem sofrendo com cada vez mais trânsito e esta obra tende a ajudar a resolver este problema”.

O aposentado Joel Paulo dos Santos, morador da Chácara das Oliveiras, pretende divulgar informações sobre o andamento das obras para seus vizinhos.

“Estou observando o andamento da obra para transmitir aos munícipes o que está sendo feito, pois muitas das vezes as pessoas não sabem das obras. Eu mesmo estava por fora dessa obra. Então, esta visita é boa para espalhar a notícia para a população local.”

Obras da Via Jaguari, aprovadas pelas lideranças comuntiárias. Foto: Adenir Britto/PMSJC

Grande ganho

A conciliadora Maira Aparecida Pires de Faria, que tem 55 anos e mora no Jardim Telespark, fez uma live no Facebook, em tempo real, para mostrar o início das obras.

“É importante as pessoas saberem que a cidade está crescendo. E este projeto, para quem mora na zona norte, será excelente, pois só temos a Via Norte, o que acaba gerando um tráfego intenso e gerando acidentes” afirmou Maira.

“Esta via que está sendo construída hoje beneficiará não só os moradores da zona norte, mas todos os cidadãos por facilitar o acesso de quem mora na zona sul e trabalha na zona norte e também o contrário. A Via Jaguari é um grande ganho para a cidade”, completou.

Morador do Alto da Ponte há 61 anos, Osvaldo Soares, ficou feliz com o novo acesso. “Acredito que possa melhorar. É mais uma via de acesso para a zona norte e uma obra com a qual o pessoal sempre sonhou”.

O radialista, Clodoaldo Braz, que tem 46 anos e reside no Altos de Santana, lembrou que solicitou a visita até a obra e pretende divulgar informações sobre o andamento da Via Jaguari para toda comunidade.

“Retirar os caminhões de dentro do bairro vai melhorar muito a qualidade de vida das pessoas”.

Ciclovia

O servidor público aposentado José Benedito da Silva, conhecido como Zé Galinha, mora na Vila Cândida e estava ansioso para ver a obra de perto.

“A gente só vê falar e não conhece de perto. Então, foi bom para ver o andamento da obra. Vai ficar uma maravilha isso aqui. Para mim, que gosto de andar de bicicleta, vai ser ótimo”, disse Zé Galinha.

Todo o traçado da nova via será margeado por sistema cicloviário.

Ainda durante o encontro, os grupos também tiraram dúvidas sobre a duplicação da Rua Jaguari e da remoção dos canteiros da Sebastião Gualberto para a implantação de operações reversíveis nos horários de pico.

A obra

Serão dois trechos de intervenção: um primeiro trecho de recapeamento com cerca de 1,8 quilômetros, que se estende desde a estrada do Jaguari (SJC-070), passando pela estrada da Petybon (SJC-247), até a região de acesso à fábrica da J.Macedo.

A partir deste acesso, inicia-se o segundo trecho de implantação da Via Jaguari, com aproximadamente 3,8 quilômetros, cruzando sobre o rio Paraíba do Sul com uma ponte, em traçado paralelo à via férrea, até a Via Norte, integralmente fora da faixa de domínio federal.

De Olho na Obra

Pela ferramenta De Olho na Obra, é possível acompanhar o andamento de todas as obras públicas da cidade, com informações atualizadas sobre percentual construtivo, etapas realizadas e fotos atua

Botão Voltar ao topo