IPTU 2023 em São José tem novo posto de atendimento no térreo do Paço Municipal

Atendimento no andar térreo do Paço Municipal começou a funcionar nesta segunda-feira. (Foto: Adenir Britto/PMSJC)

A partir desta segunda-feira (16), a Prefeitura de São José dos Campos passa a realizar o atendimento do IPTU 2023, também, no auditório do andar térreo do Paço Municipal, onde os contribuintes podem protocolar pedido de revisão, redução e isenção do imposto, além de solicitar a 2ª via do carnê.

Os contribuintes que tiveram direito a estes benefícios (revisão, redução e isenção) devem fazer a solicitação até o vencimento da primeira parcela do imposto.

Com isso, no 1º subsolo o atendimento continua para solicitações de parcelamento de dívidas anteriores, além de outros serviços.

Os contribuintes que fizeram a adesão ao IPTU Digital no ano passado estão recebendo o carnê pelo e-mail cadastrado. E quem fizer o cadastro, neste ano, passará a receber a partir de 2024.

O atendimento no 1º subsolo continua para outras solicitações

Novo formato

O carnê, este ano, tem um novo formato, mais prático, sustentável e fácil de manusear, reunindo todos os boletos em apenas uma folha (modelo anexo).

A distribuição dos 260 mil carnês, iniciada semana passada, continua a ser feita. Quem não receber o documento, pode emiti-lo pelo site da Prefeitura ou comparecer ao andar térreo do Paço.

À vista ou parcelado

O valor do IPTU pode ser pago à vista (em cota única), com desconto de 7,5%, ou parcelado em até 10 vezes. O vencimento da cota única e das parcelas é entre os dias 13 e 17 de fevereiro, conforme consta no carnê de cada contribuinte.

A correção do imposto seguirá o patamar da inflação (INPC), que fechou os últimos 12 meses em 5,97%.

Formas de pagamento

Uma facilidade é que o imposto pode ser pago por PIX, apenas com a leitura do QR code identificado na cota única ou nas parcelas; além do pagamento convencional por meio do novo carnê.

Serviços

Pagando o IPTU, o contribuinte garante a execução de serviços e projetos que melhoram a vida na cidade, em áreas como saúde, educação, mobilidade urbana e manutenção.
Neste ano há, novamente, o boleto solidário, que acompanha os carnês. Com ele, é possível contribuir com qualquer valor para os projetos voltados ao bem-estar animal. O pagamento, neste caso, não é obrigatório.

Toda arrecadação será destinada para incentivar a posse responsável, o controle populacional de cães e gatos, o atendimento médico veterinário e a instalação de microchip.

Mais informações: página do IPTU,156 (telefone, site e aplicativo), Disk IPTU (3042-2799), WhatsApp (3600-2555) e [email protected]

Botão Voltar ao topo