Sabesp investe R$ 46 milhões na ampliação do sistema de esgoto em Ubatuba

Obras vão beneficiar mais de 130 mil pessoas, entre moradores e população flutuante, e colaborar para qualidade de vida e desenvolvimento no município

ETE Itaguá – A ampliação da ETE Itaguá, iniciada em março de 2020, gerou mais de 300 empregos diretos. (Foto: Divulgação/Sabesp)

A Sabesp realiza em Ubatuba duas grandes obras que somam mais de R$ 46 milhões de investimentos. A primeira é a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Itaguá, em fase final de montagem e início de testes, com previsão de entrega no começo de 2023. A outra é a de ampliação das redes coletoras da região central e das Estações Elevatórias de Esgoto (EEEs) Tamoios e Cristo, com previsão de conclusão até o final do ano.

Essas obras garantirão a ampliação do atendimento com coleta de esgotos na região central de Ubatuba, beneficiando mais de 130 mil pessoas, contando os moradores e a população flutuante.

Rui Cesar Rodrigues Bueno, superintendente da Unidade de Negócios da Sabesp no Litoral Norte, explica que “estas obras em Ubatuba são muito importantes para o município e vão beneficiar milhares de pessoas”. Ele ainda enfatiza que o serviço de saneamento básico é fundamental para o desenvolvimento da região.

ETE Itaguá – A ampliação da ETE Itaguá, iniciada em março de 2020, gerou mais de 300 empregos diretos. Ela inclui a construção de 4 novos tanques reatores, duplicando a quantidade existente, a ampliação do tanque de contato de desinfecção e a execução de Estação Elevatória e Emissário Final de 4,5 quilômetros, que transportará parte dos efluentes tratados para o Rio Grande.

A estação, anteriormente denominada Principal, existe há quase 20 anos e atende atualmente cerca de 21 mil imóveis residenciais. É a principal estação de tratamento de esgotos do município.

Os principais bairros beneficiados com a obra são: Centro, Perequê-Açú, Itaguá, Estufa I, Estufa II e Jardim Carolina. Com a entrada em operação desse empreendimento, Ubatuba passará de 52% de cobertura para 64% de esgoto coletado, sendo 100% tratado.

Redes e estações elevatórias – As obras de ampliação das redes coletoras da região central e de duas estações elevatórias de esgoto (EEE), que fazem a transposição dos efluentes por meio de bombeamento, localizadas na região central e em Itaguá, são necessárias para preparar o sistema para a demanda crescente de Ubatuba e viabilizar a coleta e o encaminhamento dos esgotos gerados no Perequê-Açu e adjacências. Elas abrangem a execução da nova EEE Tamoios e realização de melhorias na EEE Cristo,

Os trabalhos começaram em março deste ano e têm previsão de conclusão em setembro de 2023, com estimativa de geração de mais de 100 empregos diretos e com investimentos na ordem de R$ 25 milhões.

Os benefícios desse conjunto de obras são a melhoria na qualidade de vida da população e na preservação ambiental, dando ótimas condições sanitárias e contribuindo para saúde pública e para o fomento do turismo.

Orientações aos moradores – Atualmente já há equipes capacitadas pela Sabesp para informar e orientar a população, tanto sobre as obras, quanto a importância dos moradores se conectarem ao sistema de coleta e tratamento de esgoto. Este trabalho será intensificado agora no início de 2023.

Segundo o gerente da Sabesp em Ubatuba, Josenilton Andrade, “essa ação de informação e orientação dá aos moradores conhecimento e transparência do trabalho desenvolvido pela Sabesp”. Dois grandes benefícios que o saneamento básico traz são: a valorização dos imóveis e a qualidade de vida.

Vale ressaltar que, estando as redes liberadas, a ligação de esgoto é gratuita. E, uma vez que o serviço esteja disponibilizado na região, a ligação é obrigatória conforme a lei municipal n. 2579, de 2004. Assim, quem tem fossa no seu imóvel pode entrar em contato com a Sabesp para regularizar a ligação e se desfazer do sistema primário (fossa).

Botão Voltar ao topo