Fernando Barrichello estreia no automobilismo internacional na F4 dos Emirados Árabes

Filho mais novo de Rubens Barrichello defende a equipe local Xcel Motorsport em três das cinco etapas do campeonato

(Foto: Carsten Horst)

Após um 2022 de vitórias na temporada inaugural da F4 Brasil, a estreia de Fernando Barrichello no automobilismo internacional já tem data e local marcados.

O filho mais jovem de Rubens Barrichello disputa três das cinco etapas do campeonato de F4 dos Emirados Árabes Unidos. O piloto de 17 anos de idade foi anunciado nesta sexta-feira (6) pela equipe local Xcel Motorsport.

Fefo vai correr a primeira e as duas últimas etapas do campeonato, nas pistas de Dubai e Yas Marina. No fim de dezembro de 2022, a organização anunciou a participação de dez times, com 30 competidores de 18 diferentes países confirmados na lista de inscritos preliminar.

Integrante do primeiro grid da história da F4 Brasil, conquistando duas vitórias em Interlagos e quatro pódios ao longo das 18 corridas disputadas, Barrichello testou na Europa no ano passado e agora vai medir forças com o que há de melhor na categoria em todo mundo.

Apresentado em fevereiro de 2016 e imediatamente reconhecido pela FIA, o campeonato da F4 UAE tem crescido muito nos últimos anos, com as principais equipes e pilotos do mundo aproveitando as férias do inverno no hemisfério norte para iniciar a temporada.

No ano passado, por exemplo, figuraram no grid times de renome internacional nas categorias de base, como Prema, Hitech, MP e R-Ace. Foi o primeiro campeonato do mundo a usar os novos chassis Tatuus F4 T-421.

Entre os pilotos que disputaram provas na F4 UAE em 2022 estiveram os de maior destaque no decorrer da temporada, casos do italiano Andrea Kimi Antonelli, do brasileiro Rafael Câmara e do austríaco Charlie Wurz, que foi o último campeão do evento. Também passaram pela F4 UAE dois dos estreantes do grid da F1 em 2023: o americano Logan Sargeant foi vice-campeão em 2017, com o australiano Oscar Piastri terminando em quarto.

Com sede em Dubai e operação também na Europa, a equipe Xcel Motorsport é a mais tradicional do evento. Ela disputa a F4 UAE desde a terceira temporada (2019), quando conquistou com o italiano Matteo Nannini o título de pilotos, de melhor estreante e de equipes. Em 2020, repetiu o feito com o italiano Francesco Pizzi. Em 2021 fez o piloto vice-campeão e levou mais uma vez o título de equipes.

A competição tem cinco fins de semana consecutivos de ação, neste ano cada um com três corridas de 23 minutos mais uma volta de duração.

Em 2023, além de Dubai e Yas Marina, o certame acrescenta mais um país ao calendário, passando pelo recém-reformado Kuwait Motor Town –nas etapas que Barrichello não irá fazer.

Seu primeiro compromisso é na pista de Dubai, onde acontece a abertura do campeonato na próxima semana. O mesmo autódromo volta a receber a etapa 4, nos dias 11 e 12 de fevereiro. Uma semana mais tarde Fefo compete em Abu Dhabi, no autódromo de Yas Marina.

O que ele disse:

“Estou muito feliz pela oportunidade de correr em Dubai e Yas Marina e disputar minhas primeiras corridas fora do Brasil. O campeonato é bem forte e será uma excelente chance para aprender bastante e me preparar da melhor forma possível para a temporada.

Em 2022 fiz minha estreia com os carros, disputando as seis etapas da F4 Brasil. Agora tenho a chance de correr mais três e quero tirar o máximo dessa oportunidade”

Botão Voltar ao topo