Intensidade das chuvas dificulta operações tapa-buraco em Pindamonhangaba

Através da Secretaria de Governo e Serviços Públicos, a Prefeitura vem intensificando o efetivo nessa operação.

Operação tapa-buraco. (Foto: divulgação)

As chuvas de janeiro não dão trégua, mas a Prefeitura de Pindamonhangaba vem enfrentando o surgimento de novos buracos com força máxima nas operações Tapa-Buraco. Através da Secretaria de Governo e Serviços Públicos, a Prefeitura vem intensificando o efetivo nessa operação.

“Atualmente estamos com três frentes de equipe que estão trabalhando, sendo uma exclusivamente no Distrito de Moreira César, além de uma empresa especializada, a Electra Serviços de Infraestrutura, que foi contratada para agilizar o serviço e iniciou o trabalho em julho”, afirmou o secretário de Governo, vice-prefeito Ricardo Piorino.

Na última semana, por exemplo, as equipes passaram pelas regiões do Anel Viário, Rua Suíça, paralelas das SPs 62, bairros Bela Vista, Araretama, Castolira, Parque das Palmeiras e estrada municipal do Una.

Com um pavimento muito antigo, as imperfeições nas ruas da cidade aumentam, além do que as chuvas reduzem o ritmo de atuação dos servidores, não permitindo que os buracos sejam tapados e aumentando fortemente a quantidade de vias que precisam receber manutenção.

“Esse ano o ritmo da chuva está mais intenso e por isso enfrentamos mais dificuldade para responder com a agilidade que a nossa população merece. Mas sabemos que essa é uma realidade que acontece todos os anos e nossa equipe está se desdobrando ao máximo”, afirmou Piorino.

A operação Tapa-buraco também vem sendo priorizada com o objetivo de melhorar a trafegabilidade nas vias públicas, trazendo mais segurança para motoristas e ciclistas.

“Como sempre ressaltamos, o objetivo da gestão Dr. Isael é modernizar o pavimento asfáltico para que num futuro não tenhamos que realizar o tapa-buraco. Muitos bairros receberam asfalto há 30 ou 40 anos e desde então nunca mais foram recapeados”, ressaltou o secretário.

Recapeamento asfáltico
O programa de recapeamento asfáltico, firmado com recursos do Desenvolve SP, está em processo licitatório e a previsão de abertura das propostas está agendada para 17 de janeiro. Serão mais de R$ 30 milhões de investimentos, destinados para recapear 50 quilômetros em 142 ruas e avenidas de bairros como Carangola, Vale das Acácias, Vila São João, Jardim Carlota, Paulino de Jesus, Cícero Prado, Araretama, Bela Vista, Campo Alegre, Vila Prado e Alto do Cardoso.

Botão Voltar ao topo