fbpx

Programa e novas pistas elevam São José a “Capital do Skate”

O programa Skate na Cidade contempla o empréstimo de skates e equipamentos de segurança para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos. (Foto: Claudio Vieira/PMSJC)

O ano de 2022 foi especial para quem curte esportes radicais. São José dos Campos se tornou a “Capital do Skate”, com a implantação do programa Skate na Cidade, presente em oito unidades esportivas da cidade, além do investimento em obras e melhorias das pistas administradas pela Prefeitura.

O programa, que faz parte do Plano de Gestão 2021-2024, contempla o empréstimo de skates e equipamentos de segurança para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos para a atividade recreativa.

Além de capacete, são oferecidos kits de segurança nos tamanhos P, M e G com cotoveleira, joelheira e protetor de punho. O investimento no projeto foi de R$ 561.465,54 na compra de 5.000 coletes, 1.300 capacetes, 1.494 kits de proteção (joelheiras, cotoveleiras e protetores de punho) e 1.300 skates montados.

Em duas unidades esportivas com maior número de praticantes (Centro da Juventude e Vila Tesouro) são disponibilizados instrutores para apoio e desenvolvimento da modalidade. Nas demais unidades ocorre apenas o empréstimo dos equipamentos para recreação das crianças.

Para fazer o empréstimo dos equipamentos é necessário realizar o cadastro no aplicativo São José Viva. Na opção Eventos, é só selecionar “Skate na Cidade” e a unidade esportiva de interesse. As inscrições devem ser feitas por um responsável maior de 18 anos, que deverá preencher um Termo de Responsabilidade presencialmente na unidade esportiva.

O horário de atendimento é de segunda a domingo, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

Além da inscrição, é necessário seguir algumas recomendações. Crianças de 6 a 11 anos devem permanecer acompanhadas por um responsável maior de 18 anos. Os equipamentos só podem ser utilizados dentro da unidade esportiva.

Revitalização e pistas modulares
Além do programa Skate na Cidade, os amantes do skate também receberam de presente este ano a pista totalmente revitalizada pela Prefeitura na Rua Cidade de Lima, s/n, no bairro Vista Verde, na região leste. O espaço foi reformado por meio do programa de parcerias com o governo do Estado, ao custo de R$ 181.539,22.

A pista ganhou novas rampas, sinalização e pintura, além de ser totalmente iluminada.

E nos próximos meses, as amantes do esporte vão ganhar mais dois espaços para a prática da modalidade. O Poliesportivo de Eugênio de Melo, na região leste da cidade, e o Parque da Cidade, na região norte, vão receber uma pista de skate modular, dentro do projeto 100% Esporte para Todos, implantado em parceria com o governo do Estado.

A obra da base que irá receber a pista de skate modular está em andamento nas dependências do Poliesportivo de Eugênio de Melo, ao custo de R$ 114.837,57. No Parque da Cidade, a obra deve começar agora em janeiro.

Street
Após essa obra de infraestrutura nos dois locais serão instalados os equipamentos modulares que ocuparão uma área de 375 metros quadrados (25mx15m): uma rampa de 45º, uma rampa quarter de 4,8m, uma rampa quarter de 6m, uma rampa jump ramp e uma rampa spine.

Os novos espaços serão compatíveis à prática da modalidade street. Cada módulo do street park custará R$ 198.923,08, recurso que virá dos cofres do Estado. O convênio prevê a contrapartida da Prefeitura na execução das bases.

Núcleos do Skate na Cidade:
Centro da Juventude – Rua Aurora Pinto da Cunha, 131 (Jardim América)
Poliesportivo Cerejeiras – Rua 23 Dezembro (Jardim Cerejeiras)
Poliesportivo Vila Tesouro (Rua Bento Pinto da Cunha s/n – Vila Tesouro)
Poliesportivo São Judas Tadeu (Av. São Jerônimo, 706 – São Judas Tadeu)
Centro Esportivo Jardim da Granja (Praça Hércules s/n – Jardim da Granja)
Centro Comunitário Alto da Ponte (Rua Alziro Lebrão, s/n – Alto da Ponte)
Poliesportivo Campo dos Alemães (Rua Walter Dellu, s/n – Campos dos Alemães)
Parque Ecológico Sérgio Sobral (Rua Ricardo Paiva Vieira, s/n – Santa Inês)

Botão Voltar ao topo