fbpx

Documentário da TV Aparecida sobre indígenas vence prêmio da CNBB

"Desafios da Igreja - Alto Rio Negro" será reexibido na quinta-feira (24), às 22h

(Foto: Divulgação)

A TV Aparecida foi uma das vencedoras da 54ª edição dos Prêmios de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A cerimônia, transmitida na noite de quarta-feira (23/11), premiou o documentário “Desafios da Igreja – Alto Rio Negro”, na categoria “Clara de Assis – Documentário”, para trabalhos em televisão.

O documentário da jornalista Camila Morais, produzido pela TV Aparecida, foi ao ar em abril de 2021. O trabalho premiado trouxe visibilidade à causa indígena no território Alto Rio Negro, na cidade de São Gabriel da Cachoeira, extremo norte do Amazonas.

“Esse prêmio é um reconhecimento da CNBB e da Igreja no Brasil sobre a causa indígena. Então, a CNBB reconhece a importância de lutar pelos povos originários, de cuidar da Amazônia. E esse prêmio também é para toda a nossa Família dos Devotos, porque é com a sua generosidade que podemos continuar fazendo trabalhos tão importantes”, celebra Camila Morais, que recebeu o prêmio juntamente com João Éder (imagens) e Luís Henrique (auxiliar), membros da equipe de jornalismo da TV Aparecida.

Entre os problemas mostrados no “Desafios da Igreja – Alto Rio Negro” estão o alcoolismo, a violência doméstica e abuso sexual na infância. A produção também destacou o trabalho da Pastoral da Criança e a atuação das Filhas de Maria Auxiliadora e dos Salesianos, oferecendo auxílio para crianças em serviços como educação e saúde.

O documentário vencedor será reapresentado pela TV Aparecida nesta quinta-feira (24/11), às 22h.

Botão Voltar ao topo