fbpx

DEIC prende 4 homens que fingiam ser policiais para extorquir comerciantes no centro de SP

O flagrante ocorreu enquanto o grupo simulava uma ação policial na casa de um comerciante, na Luz

Dinheiro e objetos apreendidos. (Foto: Divulgação/Deic)

Policiais da 4ª Delegacia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Condomínios e Residências, da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), prenderam em flagrante quatro homens que se passavam por policiais civis na tarde de segunda-feira (21), na Luz, região central da Capital.

Os criminosos utilizavam camisetas e distintivos similares aos da Polícia Civil para roubar um comerciante boliviano que mantém um negócio informal. A equipe do DEIC recebeu informações sobre a quadrilha responsável por invadir residências simulando uma investigação. A alegação era verificar o crime de condições de trabalho análoga à escravidão.

A invasão aconteceu na rua Pedro Álvares Cabral. Os policiais flagraram a entrada de três envolvidos no imóvel. Um quarto ficou para vigiar a movimentação na parte externa. Quando os quatro se preparavam para deixar o local em um Fiat Idea, os agentes realizaram o cerco. O grupo portava três simulacros de pistolas e distintivos. Também usavam camisetas com o símbolo da Polícia Civil.

As investigações realizadas mostram que as vítimas da quadrilha são bolivianos e são escolhidas pelo fato de não se utilizarem do sistema bancário, guardando em casa o dinheiro obtido por meio do trabalho. Os quatro foram autuados por roubo, associação criminosa e usurpação de função pública.

Botão Voltar ao topo