publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Câmara de Taubaté entrega diplomas de cidadania para médicos e músico

Foto: Vereadores e homenageados. (Foto: Fernanda Maria)

A Câmara de Taubaté deu início à entrega dos diplomas de cidadania aprovados durante este ano. Das quatro cerimônias que ocorrerão este mês, a primeira foi realizada no dia 3.

Otorrino

A vereadora Vivi da Rádio (Republicanos) entregou o título de cidadão taubateano ao otorrinolaringologista paulistano Carlos Eduardo Nazareth Nigro. Ela narrou que, em 1997, por sugestão de um tio, o médico decidiu alugar uma sala em Taubaté e iniciar o atendimento na cidade; hoje, ele lidera uma equipe de 14 otorrinos e outros profissionais.

Integrou o corpo editorial da Revista Revicience e é membro da Revista Brasileira de Otorrinolaringologia e da Comissão de Defesa Profissional da Associação Brasileira de Otorrino. Foi cofundador da Organização Mundial pela Vida Latino-Americana e do Médicos pela Vida, entre outras realizações profissionais e publicações científicas.

Ao receber o diploma, Carlos lamentou que muitos profissionais fecharam seus consultórios durante a pandemia, numa fase em que a população mais precisou de atendimento, e criticou a política pública que forçou os pacientes a procurarem o Pronto-Socorro, e não os consultórios, se estivessem com sintomas da doença.

Em seguida, agradeceu o reconhecimento: “É uma honra receber esta homenagem, cheguei aqui em dezembro de 1997, queria mudar para uma cidade mais tranquila, e desde o início eu e minha esposa escolhemos Taubaté por causa de pessoas que a gente já conhecia. Comecei a conhecer outros médicos e sempre gostei muito de todo o estilo taubateano de ser”.

Cirurgião

Outro médico reconhecido com o diploma de cidadão, Rubens Freire Gonçalves recebeu a indicação por iniciativa do vereador Professor Edson (PSD). Nascido na capital paulista, Rubens passou a maior parte de sua vida em Taubaté, formou-se em Medicina pela Unitau e especializou-se, em São Paulo, nas áreas de cirurgia-geral, angiologia e cirurgia vascular.

Mestre em cirurgia vascular, Rubens lecionou na Unitau e trabalhou no Hospital das Clínicas de São Paulo. Exerce a profissão no Hospital Regional do Vale do Paraíba e Hospital Municipal de Taubaté, além de ser proprietário do Instituto de Angiologia e Cirurgia Vascular do Vale do Paraíba.

Ao receber o diploma, Rubens estendeu o agradecimento aos pais, esposa e filhos, além dos colegas de profissão, e afirmou que ser médico é um desafio diário de enfrentar situações adversas.

“Nesses 32 anos trabalhei muito, perdi a conta de quantas cirurgias realizadas, mas com certeza acima de 22 mil, além de diversos atendimentos de urgência, noites e noites não dormidas junto a pacientes, vidas salvas, e a cada dia que esses fatos vinham se repetindo, a gente passava a ter certeza de como é gratificante fazer o bem, lutar pelo direito à vida de quem está lá, debilitado, fragilizado, dependendo de você.”

Músico

Terceiro homenageado durante a cerimônia, o músico Luiz Antônio Oliveira do Nascimento, o Luiz Sales, recebeu o diploma por iniciativa do vereador Paulo Miranda (MDB). Mineiro de nascimento e morador de Taubaté desde 2018, Luiz Sales tem uma forte ligação com a música: aos três anos já decorava as letras só de ouvi-las em rádios, aos quatro participava de karaokês e, a partir daí, participou do programa “Topa tudo por dinheiro”, do SBT, e ficou conhecido como “Menino fã do Raça Negra”.

Aos 15 anos passou a se apresentar em bares e eventos e ganhou espaço na mídia. Durante a pandemia, com a pausa nos palcos, dedicou-se a trabalhos na construção civil, mas aos poucos voltou a cantar em bares e restaurantes, apenas acompanhado de um violão. Atualmente, faz até 35 shows por mês com a banda e seus novos equipamentos por todo o Vale do Paraíba.

Em agradecimento, Luiz Sales parabenizou os demais homenageados e disse que era pelo seu talento e simplicidade que estava ali, ao lado de “pessoas altamente capacitadas” para receber o título. Em seguida, lembrou as dificuldades que passou durante a pandemia até finalmente conseguir se consolidar como artista.

“Eu me especializei no Senai, na área de projetista, consegui fazer alguns trabalhos e me sustentar, mas, mesmo assim, fora da minha área, do meu talento, que é cantar. Logo após a pandemia, eu, junto com donos de bares, formei uma parceria muito boa, e fui ter meu trabalho reconhecido na cidade.”

Participaram da solenidade os vereadores Alberto Barreto (PRTB), Elisa Representa Taubaté (Cidadania), João Henrique Dentinho (União), Marcelo Macedo (MDB), Moises Luciano Pirulito (PL) e Rodson Lima Bobi (PSDB). Veja e reveja o vídeo durante a programação da TV Câmara Taubaté no canal 4.2 digital ou Claro TV canal 4, site, Facebook e Youtube.

Botão Voltar ao topo