fbpx

Vôlei Taubaté é superado pelo Osasco na estreia do Paulista Femino

Em jogo cheio de emoções, meninas do Taubaté abriram a temporada fazendo uma partida equilibrada diante do atual campeão paulista e tiveram grande apoio da torcida taubateana

(Foto: Divulgação)

Jogando na noite de sexta-feira (19), o Vôlei Taubaté foi superado pelo Osasco São Cristóvão Saúde por 3 sets a 1 (parciais de 20×25 / 25×23 / 22×25 / 12×25). A partida foi válida pela 1ª rodada do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei da Divisão Especial de 2022.

Diante de um ótimo público que compareceu ao ginásio do Abaeté, a equipe taubateana fez sua estreia no estadual e abriu oficialmente a temporada 2022/23. A torcida promoveu uma grande festa no retorno dos jogos de voleibol adulto e contribuiu com a ação solidária promovida pela equipe. Foram arrecadados itens de higiene que serão encaminhados para a Casa Mulher & Vida.

O jogo: O técnico André Bartelega escalou a equipe inicial com Thais (levantadora), Mayra Souza (ponteira), Monique Helena (ponteira), Raquel Buriti (central), Ariadne (central), Thayná (oposta) e Ju Paes (líbero). Entraram ao longo do jogo as ponteiras Ana Caroline e Jana, a central Marinão, a levantadora Sofhia e a oposta Angélica Caboclo.

O primeiro set começou de forma muito equilibrada. O Vôlei Taubaté entrou na partida sacando bem e aproveitando as bolas de contra-ataque. O placar seguiu igual até 6 a 6. Com uma boa sequência de contra-ataques, o Osasco chegou a abrir três de vantagem.

O Taubaté reagiu e buscou a diferença, encostando no marcador. Com bom volume de jogo no sistema bloqueio/defesa, as taubateanas mantiveram a partida equilibrada. O Osasco errou menos nas bolas de ataque e conseguiu manter a vantagem até o final do set, fechando em 25 a 20.

O segundo set começou com o Osasco comandando as ações e com maior volume de jogo. A equipe visitante chegou a abrir seis pontos de frente. O Vôlei Taubaté buscou a reação e, empurrado pela torcida, cresceu no jogo.

Com bom volume de jogo defensivo, as taubateanas buscaram a diferença e igualaram as ações. Com bom trabalho de bloqueio e aproveitamento nas bolas com as ponteiras, o Taubaté cresceu muito na reta final do set e fechou em 25 a 23.

O terceiro set foi novamente bem parelho, com o Osasco começando melhor, sacando bem e com a defesa sendo bem efetiva. O Vôlei Taubaté reagiu e equilibrou as ações, trabalhando bem no sistema defesa/bloqueio e aproveitando as bolas de contra-ataque.

As taubateanas tiveram um ótimo momento e chegaram a liderar o placar na parte final do set. O Osasco passou apostar no saque tático e dificultou a recepção taubateana. As visitantes erraram menos e fecharam o set em 25 a 22.

O quarto set foi de total domínio do Osasco, que manteve bom aproveitamento no saque e nas bolas defensivas. Melhor em fundamentos como bloqueio e recepção, as visitantes encaminharam a vitória por 25 a 12, fechando o jogo em 3 sets a 1.

Para o técnico André Bartelega, apesar do resultado adverso na abertura do estadual, o saldo foi positivo da partida de estreia. “Foi um jogo muito bom da nossa equipe, uma estreia que nos deixa muito felizes, principalmente com a postura do time em quadra.

Acertamos muito em fundamentos defensivos, nosso sistema bloqueio/defesa foi muito efetivo, assim como nosso passe. Claro que a partida contra um time de ponta do voleibol nacional também nos mostra muitos pontos que precisamos trabalhar. Vamos agora estudar com muita atenção esse jogo e trabalhar nos detalhes para a sequência do Campeonato Paulista.”, comentou Bartelega.

A líbero e capitã Ju Paes, também destacou os pontos positivos e a postura da equipe no jogo de estreia. “Acho que foi um jogo muito bom, para a torcida que compareceu, foi um jogo emocionante e muito disputado.

Dentro de quadra nós já entramos desde o começo com o sentimento de que nós podíamos fazer um jogo de igual para igual com o Osasco, mesmo respeitando o adversário. E o apoio da galera ao longo de todo o jogo foi essencial.

Nós sentimos muita positividade vindo das arquibancadas, e realmente isso nos ajudou muito. Estamos muito felizes de ter esse público apaixonado ao nosso lado, e esperamos que a galera continue comparecendo para nos apoiar”, comentou.

Próximo jogo: O Vôlei Taubaté volta à quadra pelo Campeonato Paulista feminino na próxima sexta-feira (26/08), quando visita o JustForYou/Vinhedo, às 20h00, fora de casa.

Sobre a competição: O Campeonato Paulista Feminino de Vôlei 2022 conta com oito equipes na disputa: Vôlei Taubaté, Osasco São Cristóvão Saúde, JusForYou/Vinhedo, AGEE São Carlos, Energis 8 São Caetano, Barueri Volleyball Club, E.C. Pinheiros e SESI Vôlei Bauru.

O formato de disputa consiste em uma primeira fase onde os oito times se enfrentam em turno único. Após as sete rodadas, os quatro primeiros se classificam para as semifinais.

As fases de semifinais e finais serão disputadas em formato de jogos de ida e volta. Em caso de uma vitória para cada equipe, ao final do segundo jogo é disputado o “Golden Set” (até 25 pontos), que define a equipe que avança na competição.

Agenda de jogos do Vôlei Taubaté na 1ª fase do Campeonato Paulista Feminino 2022:

1ª rodada-19/08– Sexta-feira – 19h30 – Vôlei Taubaté 1×3 Osasco São Cristóvão Saúde

2ª rodada – 26/08 – Sexta-feira – 20h00 – JustForYou/Vinhedo x Vôlei Taubaté

3ª rodada – 02/09 – Sexta-feira – 19h30 – AGEE São Carlos x Vôlei Taubaté

4ª rodada – 09/09 – Sexta-feira – 19h30 – Vôlei Taubaté x Energis 8 São Caetano

5ª rodada – 14/09 – Quarta-feira – 19h00 – Barueri Volleyball Club x Vôlei Taubaté

6ª rodada – 20/09 – Terça-feira – 20h00 – E.C. Pinheiros x Vôlei Taubaté

7ª rodada – 24/09 – Sábado – 19h00 – Vôlei Taubaté x SESI Vôlei Bauru

*Datas, horários e locais dos jogos podem sofrer alterações de acordo com as necessidades dos clubes, da FPV ou da TV.

Elenco do Vôlei Taubaté:

Vi Maria

Líbero

Thais Oliveira

Levantadora

Jana

Ponteira

Ariadne Borges

Central

Marina Oliveira

Central

Ana Caroline

Ponteira

Raquel Buriti

Central

Monique Helena

Ponteira

Mayra Souza

Ponteira

Lenara

Central

Sofhia Lopes

Levantadora

Angélica Caboclo

Oposta

Thayná Rodrigues

Oposta

Ju Paes

Líbero

Comissão Técnica:
André Bartelega – Técnico
William Augusto – Assistente Técnico
Caetano dos Santos – Preparador Físico
Giovanna Mansilha – Auxiliar de Preparação Física
Jefferson Passos – Auxiliar de Treinamento
Maicon Douglas – Fisioterapeuta
Guilherme Borges – Estatístico
Rafael Oliveira – Supervisor

Botão Voltar ao topo