fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Figueira das Taipas recebe cuidados para comemoração do Bicentenário da Independência

Árvore histórica serviu como descanso para Dom Pedro durante a viagem para o grito da independência

Figueira das Taipas. (Foto: Divulgação)

Prosseguindo com ações especiais em comemoração ao Bicentenário da Independência, a Figueira das Taipas, na região de Moreira César, recebeu atividades de limpeza, nesta quinta-feira (18). O trabalho foi acompanhado por membros da Secretaria de Cultura e Turismo e da Academia Pindamonhangabense de Letras.

Atualmente o patrimônio histórico está em processo de tombamento por ser um local de parada do príncipe regente, Dom Pedro. Em 21 de agosto de 1822, ele chegou em Pindamonhangaba durante a viagem para apaziguar as desavenças políticas em São Paulo, o que gerou a Independência do Brasil. Em Pindamonhangaba, Dom Pedro juntou 17 moradores da época, destes dez seguiram em direção ao marco histórico.

A árvore localizada às margens da Rodovia SP-062, chamada “Rodovia Vereador Abel Fabrício Dias”, é popularmente conhecida como “Figueira das Taipas”, carregando o nome do bairro em que está localizada no município. De acordo com historiadores locais, há também a figura popular e cultural do “Sr. Joaquim da Figueira” que deixou Portugal e residir em Pindamonhangaba para protegê-la.

A presidente da Academia Pindamonhangabense de Letras, Ana Maria Guimarães, explicou que a celebração é suma importância para a memória do povo da cidade. Ela ressaltou ainda que a Figueira, o Chafariz e o Obelisco fazem parte do roteiro do príncipe, do projeto do Bicentenário e estão em processos de tombamentos.

Botão Voltar ao topo