fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Família de Lorena cria vaquinha online para arrecadar fundos para cirurgia de bebê

O pequeno “Titi” necessita de uma cirurgia de alta complexidade e pais veem na arrecadação meio de garantir o tratamento

O amor move o mundo, inspira histórias e faz com que uma grande rede do bem seja estabelecida. Dentro desta proposta, nesta semana, familiares e amigos do “Titi”, como é carinhosamente chamado, têm se empenhado numa só missão: arrecadar fundos para uma cirurgia de alta complexidade.

Moradores do fundo do Vale do Paraíba, em Lorena, os pais decidiram compartilhar a história do pequeno guerreiro há alguns meses, pelo perfil no Instagram @tiago.henrique.freitas. O bebê de um ano e cinco meses possui acondroplasia, uma síndrome genética rara que afeta a ossificação endocondral, uma das causas do nanismo. Além de macro e hidrocefalia. Devido às situações delicadas, desde os primeiros momentos de vida, Titi é acompanhado por uma rede de especialistas.

Conheça mais sobre o pequeno grande gigante Titi aqui

Entre internações e consultas, o pequeno jamais deixou de sorrir e mostrar para todos que o verdadeiro sentido da vida está em aproveitar cada “minutinho” e amar. Amar as brincadeiras e sorrisos que compartilha com as irmãos, Julio, Mari, Maju e também com o papai, Tiago Freitas e a mamãe, Flávia Gabriela.

Titi e os pais, Tiago Freitas e Flávia Gabriela (Foto: Arquivo Pessoal)

Cirurgia de alta complexidade e custos

Apesar disso, devido aos agravamentos de saúde, uma cirurgia de alta complexidade se faz necessária. Embora o SUS (Sistema Único de Saúde), oferte este gênero de atendimento, o pequeno não pode esperar. Uma simples virada na cama pode causar a temida tetraplegia, por conta do pressionamento na medula. Por isso, os pais e amigos criaram a vaquinha como meio de arrecadar o montante necessário e acelerar o processo.

Serão necessários R$ 160 mil, sendo sessenta mil reais para especialistas e cem mil para custos de hospitalização. Embora o valor seja alto, Flávia explica que todo valor doado é válido e pode ajudar, “cada centavo conta”, ela afirmou em vídeo divulgado em rede social.

Por outro lado, devido à complexidade do assunto, ela também se coloca a disposição para que mais mamães de bebês com acondroplasia possam ter mais esclarecimento acerca do tema.

O pequeno “Titi” necessita de uma cirurgia de alta complexidade e pais veem na arrecadação meio de garantir o tratamento (Foto: Arquivo Pessoal)

Rede de Solidariedade

Após dois dias no início da campanha, mais de cem pessoas já colaboraram e a vaquinha chegou a bater R$ 10 mil. Em Lorena, acontece uma rifa com premiação no valor de R$ 500, também com foco no tratamento de saúde do pequeno guerreiro Titi.

Para doar, basta clicar aqui e fazer com que Tiago Henrique Freitas prossiga a missão que é cravada em seu nome: superar!

Botão Voltar ao topo