fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

São José: Tecnologia inteligente do CSI gera 16 prisões em 8 dias

Polícia Militar para o ônibus onde está um homem foragido da Justiça, identificado por reconhecimento facial pelo CSI. (Foto: Divulgação/PMSJC)

Ocorrências geradas pela tecnologia do Centro de Segurança e Inteligência, da Prefeitura de São José dos Campos, resultaram na prisão de 6 pessoas no último fim de semana (5 a 7) e mais um foragido da Justiça nesta segunda-feira (8), por reconhecimento facial.

Dois homens foram presos no domingo após furtarem uma tampa de bueiros em uma avenida no Centro da cidade. Com o monitoramento por câmeras do CSI foi possível acompanhar em tempo real a tentativa de fuga da dupla. Eles foram abordados e confessaram o crime.

Outros dois homens foram presos, também no domingo, enquanto tentavam furtar uma ótica no Centro da cidade. Um deles estava no interior do estabelecimento com joias e dinheiro e o outro tentou fugir, mas foi localizado pelas câmeras do CSI.

O homem preso por reconhecimento facial estava andando próximo à Rodoviária do Centro, quando ocorreu o disparo de alerta no CSI sobre localização de procurado pela Justiça. Ele pegou um ônibus, mas acabou sendo abordado no interior do veículo.

Três veículos furtados ou roubados foram recuperados (2 carros e 1 motocicleta). As ações envolveram a GCM (Guarda Civil Municipal) e a Polícia Militar, que fazem parte do Programa São José Unida, com as demais forças de segurança da cidade.

Balanço

Desde que o CSI entrou em operação, há 15 meses, 302 pessoas foram detidas –16 apenas em 8 dias de agosto, considerando apenas as ocorrências geradas pela tecnologia inteligente do CSI.

Foram 790 ocorrências até a manhã desta segunda, com 196 veículos recuperados e entregues aos seus proprietários.

Visita

O Centro de Segurança e Inteligência recebeu a visita do Adido Policial do Escritório de Segurança das Forças Armadas na Embaixada dos Estados Unidos, David Sorensen.

Ele disse ter ficado bastante impressionado com o CSI no combate ao crime em São José dos Campos com uso de tecnologias avançadas.

Botão Voltar ao topo