fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Santos vence o Coritiba jogando na Vila Belmiro

Bom público compareceu na manhã de domingo, dia 17, na Vila Belmiro, para ver a vitória do Peixe. (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O domingo de Páscoa começou com tudo para a torcida do Santos. Jogando na Vila Belmiro, o time paulista recebeu o Coritiba, na manhã de domingo (17), em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro de 2022 e em um jogo cheio de emoções, o time paulista fez o dever de casa, superando os adversários por 2 a 1.

Com o resultado, o Santos chegou a quatro pontos ganhos e inicia o Domingo de Páscoa na vice-liderança. Enquanto isso, o Coritiba estacionou nos três pontos e é o quinto colocado.

A partida em Santos iniciou com muita emoção. Logo no primeiro minuto de jogo, Guillermo recebeu cruzamento e quase abriu o placar para o Coritiba, mas João Paulo salvou o time da casa. A resposta veio apenas três minutos depois, quando Léo Baptistão chutou com perigo, assustando Muralha.

A pressão santista continuou e desta vez Léo não desperdiçou. O meia do Santos rolou para Marcos Leonardo, que foi bloqueado, mas no rebote, Baptistão tocou para o gol e abriu o placar na Vila Belmiro aos 12 minutos.

O Santos quase ampliou aos 16 com Ângelo, que fez linda jogada, mas parou em grande defesa de Muralha. Mas 10 minutos depois, o Coritiba ressurgiu. Aos 26, Andrey foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti, lance que gerou polêmica. Na cobrança, Léo Gamalho não desperdiçou e deixou tudo igual.

A alegria dos paranaenses, porém, não durou muito. Aos 31, Henrique tentou desviar para escanteio, mas acabou jogando para a própria meta, fazendo contra e colocando o Santos novamente à frente no placar.

O Coritiba quase empatou aos 36 com Alef Manga, que passou por Lucas Pires e finalizou na rede, pelo lado de fora. O time da casa ainda teve chances com Lucas Pires e Ângelo de ampliar o placar, mas a partida foi para o intervalo em 2 a 1.

Os adversários voltaram para o segundo tempo de forma totalmente diferente em relação à primeira etapa. Sem muitas chances claras, o início da segunda etapa foi de muito toque de bola e tentativas, mas sem objetividade.

A primeira chance de perigo veio do lado curitibano, quando Léo Gamalho cabeceou com perigo ao gol de João Paulo. O Santos conseguiu responder aos 22 minutos, quando Bryan Angulo, que havia acabado de entrar, chutou por cima do gol, livre de marcação.

O goleiro João Paulo, do outro lado, mostrou que estava disposto a assegurar os três pontos. O paredão santista salvou o time da Baixada novamente aos 27 minutos, em chute forte de Egídio.

O time da casa respondeu aos 31, em chute de Lucas Braga e bela defesa de Muralha, em um lance de puro reflexo. As equipes ainda tentaram mudar o marcador, mas sem conseguir penetrar as defesas adversárias, a partida foi encerrada em 2 a 1 para o Santos.

As equipes voltam à campo pelo Brasileirão no próximo final de semana. No sábado (23), o Coritiba terá mais um desafio longe de seus domínios, desta vez diante do atual campeão Atlético-MG, às 21h, no Mineirão. No dia seguinte, é a vez do Santos entrar em campo, diante do América-MG, às 16h, na Vila Belmiro.

Botão Voltar ao topo