fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

CBAt convoca 36 atletas para o atletismo dos Jogos Sul-Americanos da Juventude

Ana e Helena Valério
(Foto: Wagner Carmo/CBAt)

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) convocou na quinta-feira (14) os 36 atletas, 18 no masculino e 18 no feminino, que representarão o País nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Sub-18, cujo torneio de atletismo será disputado entre os dias 5 e 8 de maio, na cidade de Rosário, Argentina.

A delegação é de responsabilidade do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Os 36 atletas foram chamados pelo Ranking Sul-Americano de 1 de agosto de 2021 a 25 de fevereiro de 2022, conforme critérios fixados pelo COB e o Comitê Organizador. Todos estão na lista larga feita com antecedência.

Os principais atletas da nova geração do continente, segundo o COB, se reunirão entre os dias 28 de abril e 8 de maio em Rosário, na Argentina, para a disputa da terceira edição dos Jogos Sul-americanos da Juventude.

Formada por 230 atletas de até 18 anos, a delegação brasileira terá alguns nomes que já vêm se destacando em competições da categoria adulta. Vinte deles estiveram nos Jogos Pan-Americanos Júnior Cali 2021, quando o Brasil terminou em primeiro lugar no quadro geral de medalhas. Além dos mais experientes, o país terá 30 atletas com menos de 15 anos.

Os atletas convocados têm até o meio-dia de segunda-feira (18/4) para responder a convocação e encaminhar as informações solicitadas.

Os convocados

Feminino
Vanessa Sena dos Santos (Centro Olímpico-SP) – distância
Júlia Aparecida Rocha Ribeiro (IPEC-PR) – 200 m – 400 m
Luíse Rosa Braga (CASO-DF) – 400 m
Amanda Miranda da Silva (Cianorte-PR) – 400 m c/barreiras
Helena Mees Valério (São José dos Pinhais-PR) – 800 m – 3.000 m
Ana Mees Valério (São José dos Pinhais-PR) – 1.500 m
Marcella Cocenza Marinelli (Orcampi-SP) – 2.000 m c/obstáculos
Bianca Cristine Davi de Souza (IPEC-PR) – 2.000 m c/obstáculos
Natalia Campregher (Jaraguá do Sul-SC) – 100 m c/barreiras
Pamela Nievilly Santana (Sport Club Recife-PE) – 100 m c/barreiras
Maria Eduarda Chagas (Corville-SC) – 400 m c/barreiras
Luísa Lummertz Lopes (Mampituba-SC) – altura
Julia Santos Calabretti (Centro Olímpico-SP) – vara – triplo
Camila Flach (Itapiranga-SC) – disco
Kimberly Cristiny de Souza Assiz (PM Colombo-PR) – martelo
Isabela Rosa Dantas (Atletas de Cristo-MS) – dardo
Gabrielly Pereira Neves (CASO-DF) – 5.000 m marcha
Thaliane Janaína da Cruz (PM Colombo-PR) – 5.000 m marcha

Masculino
Igor Silvestre de Lima de Jesus (Cianorte-PR) – 100 m
Paulo Henrique Romualdo (IPEC-PR) – 100 m
Guilherme Eberhardt Kroh (Corville-SC) – 200 m
Vinícius Moura Galeno (CASO-DF) – 200 m – 400 m
Bryan Nikson Reis Alves (ACA-SC) – 800 m
Samuel Costa Santana (Joana Darc-SP) – 3.000 m – 2000 m c/obstáculos
Gustavo Felipe Rosa Bueno da Costa (Joana Darc-SP) – 3.000 m
Eric Guedes Cardoso (Paranavaí-PR) – altura
Davi Savio Felix da Cruz Santos (Centro Olímpico-SP) – distância
Pedro Henrique dos Santos Aparecido (Unindo Família-SP) – vara
Ricardo Panstein (Jaraguá do Sul-SC) – vara
Vinícius de Brito (Rio do Sul-SC) – 400 m c/barreiras
Adrian Cristian Martins de Oliveira (Clã Delfos-MG) – peso
Ronicleiton de Jesus Santos (EEEFM Profª Maria Magdalena da Silva-ES) – disco
Luís Felipe Abílio Gomes Barbosa (IPEC-PR) – martelo
Arthur Monteiro Curvo (AABB-MT) – dardo
Emanuel Pereira de Sena (CASO-DF) – 10.000 m marcha
Joao Paulo Nobre Oliveira (Dias Macedo-CE) – 10.000 m Marcha

“Os Jogos Sul-Americanos da Juventude são importantes por oferecer experiência internacional aos atletas em um evento multiesportivo de grande porte. Observamos que alguns deles já começam a se destacar, além das categorias de base e isso é um sinal positivo de renovação.

Vamos para Rosário com uma delegação forte, com a missão de representar o nosso País da melhor forma possível e buscar a liderança no quadro de medalhas”, afirma Kenji Saito, diretor de Desenvolvimento Esportivo do COB e chefe da missão brasileira em Rosário 2022.

Botão Voltar ao topo