fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

CBAt confirma a realização do Troféu Adhemar Ferreira da Silva Loterias Caixa

Alison Santos , campeão da Universíada de Nápoles
(Foto: Wagner Carmo/CBAt)

O Troféu Adhemar Ferreira da Silva Loterias Caixa é uma novidade no calendário de eventos da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) de 2022.

Tradicional competição universitária, ela foi confirmada para os dias 14 e 15 de maio, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo, na cidade de Bragança Paulista (SP).

Organizada pela UniSantAnna em suas primeiras edições – a primeira foi em 1991 –, o Troféu foi oficializado no calendário da Confederação Brasileira de Atletismo e da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU).

A conquista é um grande mérito do idealizador do Troféu, ex-reitor da UniSantAnna e um dos maiores apoiadores do Esporte Universitário Brasileiro, Leonardo Placucci Filho, nomeado no ano passado como assessor especial da CBAt.

A CBAt e a CBDU fecharam um termo de parceria com o propósito de desenvolver e aperfeiçoar ações de interesses convergentes entre as duas entidades na gestão do atletismo brasileiro. O presidente do Conselho de Administração da CBAt Wlamir Motta Campos lembrou a importância da execução do programa de transição de carreira e pós-carreira dos atletas, com a viabilização de bolsas de estudos em várias universidades do País.

As inscrições para os clubes interessados, assim com as Atléticas e Ligas Universitárias, devem ser feitas no período de 2 a 5 de maio. Os clubes filiados da CBAt devem fazer as inscrições de seus atletas pelo Sistema Extranet, de maneira on-line. Já as entidades universitárias devem encaminhar as inscrições para o e-mail té[email protected], com listas separadas de atletas por sexo, com nome completo, data de nascimento, prova a ser realizada e resultado, se tiver.

Em 2019, o Brasil terminou a Universíada de Nápoles, na Itália, com a melhor campanha da história no atletismo. Foram conquistadas sete medalhas (quatro de ouro, uma de prata e duas de bronze). As medalhas de ouro em Nápoles foram conquistadas por Paulo André Camilo de Oliveira, nos 100 m e nos 200 m, por Alison Brendom dos Santos, nos 400 m com barreiras, e Gabriel Oliveira Constantino, nos 110 m com barreiras.

Botão Voltar ao topo