Confira os vencedores do prêmio “Por um Mundo Sem Lixo”

Prêmio foi oferecido pelo Movimento Circular em parceria com a maior feira de ciências e engenharia do Brasil

Pelo segundo ano consecutivo, o Movimento Circular, em parceria com a FEBRACE (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia), promoveu o prêmio “Por Um Mundo Sem Lixo”. Uma forma de reconhecer e incentivar os trabalhos de iniciação científica finalistas na feira, que dialoguem com os preceitos da Economia Circular.

O prêmio é uma parceria entre o Movimento Circular e a FEBRACE, que é a maior feira pré-universitária do Brasil de ciências e engenharia. Desde 2003, a FEBRACE realiza uma grande mostra de projetos científicos e tecnológicos, na Universidade de São Paulo, que reúne estudantes de todo o Brasil. A feira já recebeu estudantes e professores de mais de 1.200 cidades diferentes ao redor do Brasil. Apenas neste ano foram 497 projetos finalistas, que estão expostos na feira.

“A qualidade dos projetos científicos se manteve igual mesmo com as dificuldades no ensino causadas pela pandemia na maioria das escolas públicas, o que demonstra o comprometimento desses jovens e de seus professores orientadores com seus projetos”, destaca a coordenadora geral da Febrace, Roseli de Deus Lopes, professora da Escola Politécnica (Poli) da USP.

Este é o segundo ano em que o Movimento Circular firma uma parceria com a Febrace e nesta edição foram analisados entre os finalistas, 72 projetos que abordaram conceitos da circularidade em sua temática. Foram premiados os três melhores trabalhos com propostas significativas ligadas a temas como a redução de resíduos e do uso de recursos naturais, mudanças de comportamento no consumo, uso de fontes alternativas de energia e a colaboração entre diferentes atores na sociedade na busca pela regeneração do planeta e suas relações.

“Os finalistas do nosso prêmio foram selecionados por meio de uma avaliação que fizemos com todos os projetos participantes da feira, analisamos os melhores dentro de nossa temática utilizando critérios como relevância, adequação ou tema, originalidade e viabilidade de implementação. Foram três melhores colocados e uma menção honrosa”, comentou o coordenador do Movimento Circular, Vinicius Saraceni.

Os vencedores desta edição foram os seguintes trabalhos:

1º LUGAR:

Prêmio: Curso Economia Circular + Mentoria

Projeto: ECO-SOCIUS: O COMPORTAMENTO DOS JOVENS DO LITORAL NORTE GAÚCHO NA ECONOMIA CIRCULAR (170)

Link: https://virtual.febrace.org.br/2022/SOC/284/

2º LUGAR:

Prêmio: Curso Economia Circular

Projeto: A MAMONA COMO FONTE PARA A PRODUÇÃO DE RECIPIENTES DESCARTÁVEIS. (203)

Link: https://virtual.febrace.org.br/2022/ENG/482/

3º LUGAR:

Prêmio: Curso Economia Circular

Projeto: SEEBECK – GERADORES TERMOELÉTRICOS AUTOSSUSTENTÁVEIS: CRIANDO UMA NOVA CATEGORIA PARA GERAÇÃO DE ENERGIA LIMPA E SUSTENTÁVEL. (1169)

Link: https://virtual.febrace.org.br/2022/ENG/455/

MENÇÃO HONROSA – Reconhecendo o caráter educativo para Economia Circular no projeto

Prêmio: Curso Economia Circular

Projeto: POLUIÇÃO E SUSTENTABILIDADE NA PRAIA DE COPACABANA (1041)

Link: https://virtual.febrace.org.br/2022/BIO/140/

Os vencedores ganharam um curso sobre Economia Circular e certificado de premiação. O 1º colocado também vai receber uma mentoria com o Professor Edson Grandisoli, Coordenador Pedagógico e Embaixador Educacional do Movimento Circular, para o desenvolvimento do seu projeto.

O que é a Economia Circular?

A Economia Circular propõe um novo olhar para nossa forma de produzir, consumir e descartar, a fim de otimizarmos os recursos do planeta e gerar cada vez menos resíduos. Ou seja, um modelo alternativo ao da Economia Linear – extrair, produzir, usar e descartar – que tem se provado cada vez mais insustentável ao longo da história.

Na Economia Circular, a meta é manter os materiais por mais tempo em circulação por meio do reaproveitamento, até que nada vire lixo! Para que esse modelo se torne uma realidade, todos nós temos um papel a desempenhar. É um verdadeiro círculo colaborativo, que alimenta a si mesmo, e ajuda a regenerar o planeta e nossas relações.

Sobre o Movimento Circular

Criado em 2020, em meio à crise causada pela pandemia de Covid-19, o Movimento Circular é um ecossistema colaborativo que se empenha em incentivar a transição da economia linear para a circular. A ideia de que todo recurso pode ser reaproveitado e transformado é o mote da economia circular, conceito-base do movimento.

O Movimento Circular é uma iniciativa aberta que promove espaços colaborativos com a missão de chegar a mais pessoas e lugares.

O movimento tem o objetivo de informar as pessoas e instituições de que um futuro sem lixo é possível a partir da educação e cultura, da adoção de novos comportamentos e do desenvolvimento de novos processos, produtos e atitudes.

Botão Voltar ao topo