fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

A história empreendedora e familiar da “Maria Isis Doceria”

Para quem não sabe trabalho como freelancer para o PortalR3 desde 2009, e minha área de atuação é a reportagem fotográfica também chamada de fotojornalismo, que nada mais é o registro fotográfico das coberturas jornalísticas.

Em 2015, ao idealizar a coluna Click Gastronômico com o intuito de testar e escrever receitas culinárias, nunca imaginei que um dia poderia me tornar quase uma “jornalista”.

Com o início da pandemia do COVID 19, através das redes sociais notei que muitas pessoas estavam se aventurando na cozinha como forma de ganhar dinheiro extra ou mesmo por hobby. Foi quando decidi conhecer a história destes cozinheiros e compartilhar suas receitas com nossos leitores. A cada entrevista, um novo desafio. E com isto veio a necessidade de mudar o nome da coluna para “Histórias Gastronômicas” já que me tornei uma contadora de histórias!

Dos meus garimpos das redes sociais trago diretamente do TikTok a história da Isis e do Max, eles se conheceram quando o Max ainda servia o quartel e só foram engatar namoro em 2018. Os pensamentos e os propósitos eram os mesmos: “formar uma família”!

A família do Max e da Isis. (Foto: arquivo pessoal)

Mas, antes de falar do casal vou contar como cheguei até eles. Foi através de um vídeo viral publicado pelo Pastor Guilherme Batista (popular missionário da Igreja Assembleia de Deus em Goiânia) – ele e a esposa Mariel estavam à passeio em Porto Alegre – RS. Foi quando solicitaram um carro pelo aplicativo e lá vem o Max com seu “Uber do doce” como é conhecido na cidade. Pois no banco da frente ele leva com muito carinho a caixa de doces feitos pela confeiteira Isis, sua esposa.

Durante a viagem ele contou sobre sua rotina e o empreendimento familiar, na qual tocou os corações do pastor e sua esposa que além de fazerem uma linda oração, compraram os doces e ainda fizeram uma doação em dinheiro. Eles só pediram para que ele tirasse a tarde de folga e fosse curtir sua família.

Desde muito nova, a Isis sempre foi a doceira da família e aos 13 anos de idade começou a trabalhar numa pequena empresa de trufas e se encantou com esse seguimento. Foi então que a vontade de empreender falou mais alto e ela fez alguns cursos rápidos voltados para a confeitaria e mãos à obra!

No início, a doceria era apenas para uma renda extra com o apoio da sua mãe Maria Ester, que mesmo vendo o talento da filha sonhava que ela passasse no concurso público. A garota estudou muito, prestou concurso e passou; mas aquilo não era o seu perfil e voltou para seus doces.

Um dos docinhos da “Maria Isis Doceria”. (Foto: arquivo pessoal)

Em 2017, criou a Maria Isis Doceria – “Maria” foi a forma de homenagear sua mãe falecida no ano passado. A confeitaria se tornou seu trabalho fixo e com a chegada do Max na sua vida se tornou uma empresa familiar, tendo ele como seu incentivador e que topa “todas as paradas” com ela.

O casal é apaixonado pela a família que construíram juntos, pois desde o tempo de namoro já se sentiam prontos para viver essa história de muito amor e companheirismo.

Enquanto Max trabalha como motorista de aplicativo e vende os doces durante seu trabalho, a esposa fica em casa na produção das delícias para atender a demanda da confeitaria. Eles optaram pelo trabalho autônomo para educar e acompanhar o crescimento dos filhos Ian de 2 anos e 5 meses e da Lia com 8 meses, que foram muito planejados. Para dar conta da confeitaria e os afazeres com as crianças contam com a ajuda da Lúcia, a super sogra que mora na mesma casa que eles.

Inspirada por Mariana Perdomo e Bruna Trufas que são duas mulheres de destaque no ramo da confeitaria e empreendedorismo, ela segue estudando e se aperfeiçoando pois sonha em espalhar seus conhecimentos ministrando aulas de confeitaria.

Pensando nas pessoas que precisam de uma fonte de renda, ela nos enviou gentilmente uma receita de Bolo de Pote que faz muito sucesso entre seus clientes e com certeza trará sucesso para quem fizer.

Prontinho para fazer a vida de um cliente mais doce e feliz. (Foto: arquivo pessoal)

O preço médio de venda para potes de 250 ml é de R$ 10,00 – para saber o valor de venda exato é somente multiplicar por três o valor do custo de todo material que será usado para o preparo.

Em caso de dúvidas, ela se coloca à disposição através do Instagram @mariaisisdoceria.

BOLO DE POTE

INGREDIENTES

BOLO DE CHOCOLATE
04 ovos
01 xícara açúcar
02 xícaras de farinha de trigo peneirada
01 xícara de chocolate 50% cacau
4 colheres de óleo de girassol
1 pitada de sal
01 xícara de leite morno
1 colher de sopa de fermento químico
OBS. A medida da xícara é de 240 ml

MODO DE PREPARO
Na batedeira, bater os ovos e o açúcar por 5 minutos. Juntar os demais ingredientes (menos o fermento) e bater por mais 01 minuto. Misturar o fermento com o auxílio de uma espátula delicadamente.
Colocar numa forma untada e levar ao forno pré aquecido a 200 graus por 45 minutos.
DICA: fique de olho pois cada forno tem sua potência. Espetar com palito e se sair limpo, tá pronto.

INGREDIENTES
PARA O RECHEIO DE CHOCOLATE
01 caixinha de leite condensado
02 caixinhas de creme de leite
Meia xícara de chocolate 50% cacau
01 colher de sopa de manteiga

PARA O RECHEIO DE LEITE CONDENSADO
01 caixinha de leite condensado
02 caixinhas de creme de leite
01 colher de sopa de manteiga

MODO DE PREPARO PARA OS RECHEIOS
Misturar os ingredientes em uma panela de fundo grosso, levar ao fogo médio mexendo sempre até ferver. Siga mexendo por mais 03 minutos, desligue o fogo e reserve.

CALDA PARA MOLHAR O BOLO
½ xícara de açúcar
03 xícaras de água
Coloque numa panela e leve ao fogo até abrir fervura.
Deixar ferver por 02 minutos, desligar o fogo e reserve.

MONTAGEM
Potes de 250 ml com tampa
Colocar a calda para molhar o bolo numa bisnaga igual as de ketchup/mostarda
Esfarelar o bolo
No potinho colocar uma camada de recheio de chocolate, uma camada de farelo do bolo e regar com a calda. Coloque uma camada de recheio de leite condensado e finalizar com bombom ouro branco picado ou chocolate da sua preferência.

Botão Voltar ao topo