fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Porsche Cup: após 74 voltas com carro Porsche 992, Neugebauer está pronto para estreia

Abertura da temporada será em Goiânia no início de abril. (Foto: Porsche Cup Brasil)

Finalizada a pré-temporada da Porsche Carrera Cup em Interlagos no último fim de semana, a palavra que Werner Neugebauer usou para definir o novo carro foi “agressividade”. De acordo com o campeão de 2018, o que mais chama atenção no carro é a forma como ele freia. Com um sistema de ABS mais avançado, os pilotos passaram a frear mais tarde na reta principal do circuito paulista. Neugebauer comandou o carro em 74 voltas pelo templo do automobilismo brasileiro. Os primeiros contatos dos pilotos com o novo Porsche 992 aconteceram na sexta-feira (11) e sábado (12). A etapa de abertura da temporada 2022 acontece nos dias 2 e 3 de abril, em Goiânia (GO).

O piloto gaúcho chama atenção para o ponto de frenagem em Interlagos. “O carro é muito bom, evolui muito da geração passada para essa. A principal diferença que senti foi no freio e na parte eletrônica. Foi a principal mudança para mim nesse carro. chegamos ao fim da reta perto dos 260 km/h e freamos na placa de 50m”, disse o piloto do carro #8, que também foi campeão Overall em 2019. “Essa evolução foi marcante. Além disso tem mais pressão aerodinâmica e o volante é bem mais direto nas ações”, completou.

Neugebauer também ressalta que ainda não era o momento de pensar em tempo, mas já deu para ver a tendência de derrubar os tempos antigos. “Todo mundo andou de pneu novo, então sempre buscamos dar uma olhada nos tempos. Fizemos alguns testes de setup e gostamos do que vimos. Acreditamos que ainda seja possível melhorar, mas isso vai acontecer naturalmente durante a temporada”, disse o piloto que foi o primeiro a ir à pista com o carro novo.

Para Guilherme Ferro, engenheiro que acompanha Neugebauer desde os tempos de Fórmula 3, os atributos do carro novo são animadores. “O carro tem mais downforce e mais potência do que o modelo anterior, isso naturalmente tornou o carro mais rápido. Com a mudança dos pneus o carro também deve ter uma perda de performance muito menor quando estiver com pneus usados”, avaliou Ferro. “Outro fator importante é o controle de tração, já que o modelo anterior não contava com esse recurso e isso também contribui para manter o rendimento do carro mesmo com pneus usados. Tudo isso vai contribuir para diminuir ainda mais a diferença de tempo entre os pilotos”, concluiu.

Neugebauer percorreu em Interlagos o total de 74 voltas nos 4.309 metros do Autódromo José Carlos Pace. Ao todo, a distância percorrida foi de 318,86 km e foram usados três jogos de pneus slick Michelin.

Botão Voltar ao topo