fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

A história e o risoto à milanesa do chef Júnior Freitas

Apaixonado pela gastronomia, hoje ele trabalha no restaurante D’Aldeia Forneria em Lagoinha

Na entrevista passada fui parar em Lagoinha, cidade do interior de São Paulo localizada cerca de 190 Km da capital, para contar a história de uma professora apaixonada por culinária e pela cidade que escolheu para morar.

Conversa vai e conversa vem, acabei indo conhecer um chef que vem se destacando a frente da cozinha do restaurante D’Aldeia Forneria, na mesma cidade.

Meu entrevistado deste mês é o chef Júnior Freitas, 38 anos, virginiano, apaixonado por gastronomia, cozinha molecular e por música. Você deve estar se perguntando: música? Sim, antes de decidir seguir o ramo da gastronomia ele foi contrabaixista em algumas bandas de música sertaneja no Vale do Paraíba e maestro da fanfarra da cidade.

Mesmo com a rotina puxada do restaurante, ele não abandonou a música que sempre esteve muito presente na sua vida, desde a adolescência a música era sua fonte de renda. Mas, hoje em dia toca seu violão nos momentos de lazer com sua família.

A paixão pela culinária inciou-se na infância, aos 6 anos de idade. Ele sempre estava perto da sua mãe na cozinha e consequentemente levando umas broncas por estar atrapalhando.

Chef Júnior Freitas. (Foto: arquivo pessoal)

Ainda menino, fez o seu primeiro prato: arroz branco. Sua mãe ficou ao seu lado dando as coordenadas e ele foi fazendo, quando ficou pronto ele sentiu imensa satisfação por ter conseguido cozinhar sozinho.

Na adolescência começou a trabalhar com música, mas o destino tinha outros planos para ele. Foi então que arranjou emprego numa padaria e depois em alguns restaurantes de Jacareí e São José dos Campos, onde trabalhou no ramo por cinco anos, tempo suficiente para aflorar a paixão pela gastronomia.

Desempregado, voltou com sua esposa para Lagoinha e começou a traballhar como radialista e também como maestro da FAPACH (Fanfarra Padre Chico), com isto, a gastronomia ficou um pouco esquecida.

No começo de 2018, após o términio do seu casamento se viu muito mal, largou seu trabalho por um mês e já estava entrando em depressão. Foi uma época muito difícil, onde se viu perdido e resolveu dar um rumo para sua vida. Estava entre cursar a Faculdade de Música ou Gastronomia, sorte que a paixão pela cozinha falou mais alto e hoje faz um ano que se formou. Ele fala com emoção sobre a depressão e agradece à Deus pois foi o que lhe impulsionou a ir atrás do seu propósito.

Chef e seu risoto. (Foto arquivo pessoal)

Durante sua jornada acadêmica contou com o apoio da sua família e se inspirou em três pessoas: Os Chef’s Alex Atala, Erick Jacquim e principalmente na Dona Roseli (sua mãe) que cozinhava com tanto amor e carinho que até o arroz com feijão era saboroso!

Para o Chef Júnior é muito gratificante ver a alegria das pessoas saboreando os pratos executados por ele. O seu sonho é abrir um bistrô, num lugar aconchegante e familiar onde possa fazer tudo do seu jeitinho.

Sua preferência é a execução de comidas salgadas no fogão que ele chama de cozinha quente. É um apaixonado pelo preparo de risotos no geral!

Depois desta história inspiradora, que tal aprender a preparar um delicioso risoto à milanesa que o chef enviou para nós? Se liga no passo a passo!

Abaixo você confere a receita deste risoto. (Foto: arquivo pessoal)

RISOTO À MILANESA (Original)

INGREDIENTES
2 xícaras de arroz
3 colheres (sopa) de manteiga
1/2 cebola média
1/2 xícara de vinho branco seco
1 colher (café) cheia de açafrão em pó)
1 litro de caldo de galinha
5 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO
Numa panela grande, derreta a metade da manteiga.
Junte a cebola picada e deixe dourar.
Adicione o arroz, frite levemente e coloque o vinho.
Deixe evaporar.
Junte aos poucos o caldo de galinha bem quente, sem parar de mexer.

Quando o arroz estiver quase “al dente”, dissolva o açafrão num pouquinho de caldo e jogue na panela.

Quando estiver no ponto, desligue o fogo, junte a manteiga restante e o parmesão, misture muito bem e sirva imediatamente.

Botão Voltar ao topo