Agentes barram entrada de visitantes com entorpecentes em unidades prisionais da região

Share:
Cocaína estava no invólucro apreendido com visitante barrada do CDP de Caraguatatuba. (Foto: Divulgação/SAP)

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que duas mulheres foram flagradas com drogas ao tentarem entrar em unidades prisionais de Caraguatatuba e de São José dos Campos no final de semana, dias 12 e 13 de outubro.

Os agentes apreenderam 127 gramas de entorpecentes com as visitantes, além de 257 pontos de maconha sintética, popularmente conhecida como K4.

No sábado, pouco depois das 12h, a esposa de um detento foi surpreendida com 72 gramas de maconha e 53 gramas de cocaína na portaria do Centro de Detenção Provisória “Dr. José Eduardo Mariz de Oliveira”, o CDP de Caraguatatuba.

A mulher, de 27 anos, foi submetida à revista por meio de escaneamento corporal, quando as servidoras identificaram um objeto estranho na região pélvica da suspeita. Questionada, a mesma admitiu que carregava um invólucro com as drogas na vagina, retirado espontaneamente em local reservado.

Na manhã do dia seguinte, por volta das 9h, agentes do CDP de São José dos Campos barraram a entrada da companheira de um preso, que levava entorpecentes em suas vestes. Ao passar pelo bodyscanner, as funcionárias do presídio identificaram um volume atípico na roupa da visitante, de 29 anos. Indagada, a infratora confessou que trazia 257 pontos de K4 e dois gramas de maconha costurados na barra de sua calça.

Ambas foram encaminhadas para Delegacia de Polícia, onde foram lavrados os Boletins de Ocorrência, e tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. As direções das unidades prisionais enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.

—–