ONU discute em Lima desafios do futuro do trabalho na América Latina e Caribe

Share:
Objetivo da reunião em Lima é incentivar a colaboração entre os países, principalmente no tocante aos temas da Agenda 2030 relacionados à missão da OIT de promover o trabalho decente e a justiça social. Foto: OIT

Representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Escritório de Coordenação de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDCO) na América Latina e no Caribe reúnem-se em Lima, no Peru, na terça e quarta-feira (17 e 18) para fortalecer a cooperação para a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Os desafios do trabalho decente e do crescimento econômico no contexto do futuro do trabalho serão analisados por coordenadoras e coordenadores-residentes da ONU, diretores da OIT, representantes de agências das Nações Unidas e especialistas de diversos países da região, que se reunirão no escritório regional da OIT para a América Latina e o Caribe.

O evento discutirá a necessidade de promover a transformação e a inovação na formação de talento humano na região latino-americana e caribenha. Foto: OIT
Objetivo da reunião em Lima é incentivar a colaboração entre os países, principalmente no tocante aos temas da Agenda 2030 relacionados à missão da OIT de promover o trabalho decente e a justiça social. Foto: OIT

Representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Escritório de Coordenação de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDCO) na América Latina e no Caribe reúnem-se em Lima, no Peru, na terça e quarta-feira (17 e 18) para fortalecer a cooperação para a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Os desafios do trabalho decente e do crescimento econômico no contexto do futuro do trabalho serão analisados por coordenadoras e coordenadores-residentes da ONU, diretores da OIT, representantes de agências das Nações Unidas e especialistas de diversos países da região, que se reunirão no escritório regional da OIT para a América Latina e o Caribe.

Os avanços e os desafios para promoção do emprego, do desenvolvimento das empresas sustentáveis, da proteção social, da formalização e formação profissional, além dos desafios do futuro do trabalho resultantes de impactos tecnológicos, mudanças demográficas, mudança climática e globalização, são temas na agenda do encontro.

Esta é a primeira vez que uma reunião dessa natureza é realizada na região, e o objetivo é incentivar a colaboração entre agências nas ações de cooperação realizadas pelas Nações Unidas em cada país, principalmente no tocante aos temas da Agenda 2030 relacionados à missão da OIT de promover o trabalho decente e a justiça social.

A diretora adjunta do UNDCO, Giovanie Biha, e o diretor-geral adjunto de Programas Externos e Alianças da OIT, Moussa Oumarou, farão a abertura da reunião.

O UNDCO é um novo órgão da ONU responsável por gerenciar e apoiar o novo sistema de Coordenadores-Residentes das Nações Unidas, que visa trabalhar com as diferentes agências para melhorar a eficiência e a eficácia das atividades operacionais no nível nacional.

Criada em 1919, a OIT é a única agência tripartite da ONU. Governos, empregadores e trabalhadores de 187 Estados-membros estão representados na OIT para estabelecer normas trabalhistas, desenvolver políticas e elaborar programas que promovam o trabalho decente para todas as pessoas.

Durante a reunião de Lima, está prevista a participação de representantes tripartites da região. Espera-se que a reunião seja encerrada com uma série de diretrizes para orientar a colaboração nas atividades conjuntas da OIT e do UNDCO na América Latina e no Caribe.