Ilhabela é sede do Fórum Náutico Paulista

Share:
(Foto: Karol Assunção/PMI)

O auditório do Paço Municipal, no Perequê, foi palco, na segunda-feira (19), para reunião do Fórum Náutico Paulista (FNP), com o objetivo de formar um grupo estratégico para colaboração nas decisões de infraestrutura, capacitação, ordenamento, regulamentação e marketing.

O encontro foi marcado pelo debate de estratégias para o fortalecimento da cadeia náutica e ordenamentos e foi guiado pelo presidente do FNP, Marco Antonio Castello Branco, e pela secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Bianca Colepicolo.

Entre as ações em andamento mencionadas no encontro, destacam-se: o projeto Meu Primeiro Barco e a Rampa Pública. “O importante é que estamos desenvolvendo o setor náutico, atuante no Estado”, afirmou Castello Branco, que também disse ser este um novo momento para o setor.

O capitão de Fragata da Marinha do Brasil em São Sebastião, Wagner Goulart, marcou presença na reunião e falou sobre o ordenamento do espaço aquaviário de Ilhabela, reforçado pela secretária Bianca, que sugeriu aos presentes participarem de assembleias da Área de Preservação Ambiental (APA) Marinha do Litoral Norte sobre o Plano de Manejo. “A devida fiscalização resultará na organização do espaço e a fiscalização gerará empregos e renda. A participação direta dos interessados no setor é importante porque funciona como uma espécie de orientação”, mencionou.

Bianca ainda ressaltou que com o andamento dos trabalhos será feito um retrato do mercado no município e um plano de ação conjunto para geração de mais emprego e renda.

O Fórum Náutico Paulista é uma entidade governamental da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, criado em 2016, e tem por objetivo apoiar, coordenar e fomentar as ações voltadas ao desenvolvimento da infraestrutura, indústria e turismo do setor náutico do estado.

Possui caráter consultivo e participativo dos representantes governamentais (estados e municípios de São Paulo) e da sociedade civil organizada, principalmente ligada ao setor náutico paulista.

Portanto, suas deliberações são sugestivas ao governo, isto é, não tem força de lei, no entanto, podem servir de base para leis, decretos, resoluções e atos em todo estado ou em determinadas regiões e/ou setores náuticos.

Representantes do mercado, como empresários, autoridades e interessados no setor, bem como a coordenadora da Câmara Técnica de Turismo, Tania Ferreira, participaram da reunião.

Os encontros do Fórum Náutico são realizados mensalmente e transmitidos, ao vivo, pela página do Facebook. Acesse www.facebook.com/forumnauticosp.

Serviço: Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail fórum.nautico@sde.sp.gov.br.