Exercício UNITAS terá participação de 10 países na edição 2019 no Rio de Janeiro

Share:
Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico” (A140) da Marinha do Brasil. (Foto: Marinha do Brasil)

A Marinha do Brasil realiza, entre os dias 19 e 30 de agosto, no Rio de Janeiro, a edição 2019 da UNITAS, versão em latim para a palavra UNIDADE, que é o exercício marítimo multinacional mais longevo ainda existente, tendo sido concebido em 1959 e conduzido pela primeira vez em 1960. A operação está dividida em fases.

Nos dias 19, 20 e 21 de agosto, nas dependências do Complexo Naval da Ilha do Governador (CNIG), ocorrerá a primeira fase (In- Port Phase) do exercício multinacional UNITAS.

Dez países participarão do exercício (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos da América, México, Panamá, Paraguai e Peru) na sua sexagésima versão (UNITAS LX).

Na primeira fase, também chamada de fase de oficinas, serão conduzidos treinamentos técnicos e físicos que aumentarão a interoperabilidade entre as forças e servirão como preparação para a fase seguinte, na qual será desenvolvido um tema tático baseado em uma Operação Anfíbia.

Destacam-se as seguintes atividades: Operações com helicópteros, carros lagarta anfíbios (CLAnf) e embarcações de desembarque, tiro de fuzil e pistola, entrada em compartimento com oposição e refém, progressão em área edificada e pistas de cordas e de obstáculos.

Estas atividades serão conduzidas na Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador (BFNIG), no 1º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais (Batalhão Riachuelo) e no 2º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais (Batalhão Humaitá). É esperada a participação de até 600 militares nesta fase, que ficarão alojados em barracas climatizadas especialmente instaladas na BFNIG para apoiar o exercício.