Polícia Militar prende 17 pessoas em rinha de galo em Caraguatatuba

Share:

A Polícia Militar prendeu, no  da tarde de sábado (13), 17 pessoas que participavam de um rinha de galo, no bairro Tarumã, em Caraguatatuba, no litoral de São Paulo.

Equipes do 3° Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMAmb) realizavam patrulha rural quando foram chamados, juntamente com policiais do 20° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), para checar uma denúncia sobre uma rinha de galo com possíveis homens armados.

No local, uma casa na rua Deuteronômio, os PMs foram recebidos por um rapaz que estava no portão e logo ouviram os cacarejos dos galos. Dentro da residência, foram encontradas várias pessoas assistindo uma rinha com dois animais que usavam esporas artificiais e ponteiras de aço no bico.

Em buscas no imóvel, foram localizados outros sete galos, armazenados de forma inadequada que seriam utilizados nas lutas. Os animais não tinham água, comida e estavam mutilados devido às rinhas. Nenhuma arma foi encontrada.

Os galos foram apreendidos e ficaram à disposição do Policiamento Ambiental para solicitar um laudo veterinário.

As pessoas presas foram levadas até a Delegacia de Polícia Central de Caraguatatuba e autuadas por crime ambiental. Cada uma foi multada em R$ 6 mil, totalizando R$ 102 mil, e o valor pode ser dobrado, posteriormente, dependendo dos resultados dos exames

(Foto: Divulgação/PMESP)