Ubatuba realiza a 6ª Semana do Mar

Share:

Durante a 6ª Semana do Mar, a discussão sobre as importantes questões ambientais serão destaques ao longo da semana. A série de palestras ocorrerá de 3 a 7 de junho, sempre às 19h30, no auditório do Aquário de Ubatuba.

O objetivo é sensibilizar e proporcionar momentos de interação voltados à conservação ambiental e seus temas atuais, como a pesca, as mudanças climáticas e o lixo nos oceanos.

Estreando na segunda-feira, 03/06, Elisabeth Grimberg e João Malavolta com a apresentação “Plásticos nos oceanos” expõem suas ideias e trazem uma reflexão sobre a problemática do plástico nos oceanos e as ações que vem sendo realizadas por eles.

Elisabeth é mestre em Sociologia, co-fundadora do Instituto Pólis e traz suas experiências na área de Resíduos Sólidos, juntamente com João que é cofundador do Instituto Ecosurf e autor do blog Ecobservatório.

No dia 04/06, Bárbara Sapunar apresenta “O Poder Transformador do Coletivo”. Bárbara é formada em Business Administration and Management e possui mais de 20 anos de experiência em Marketing e Comunicação e atualmente se desempenha como Head de Criação Compartilhado na Nestlé.

As palestras são gratuitas, abertas ao público, com entrada pelo auditório do Aquário de Ubatuba, ao lado do Aquabar. A participação da população é de extrema importância para dialogar sobre questões atuais, seus cenários e possíveis soluções.

Projeto Tamar

O Projeto TAMAR começou em 1980 a proteger as tartarugas marinhas no Brasil. A Fundação Pró-Tamar executa a maior parte das ações descritas no PAN – Plano de Ação Nacional para a Conservação das Tartarugas Marinhas no Brasil do ICMBio/MMA. A Petrobras é a patrocinadora oficial do TAMAR, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

O TAMAR trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea).

Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 26 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em Ubatuba, recebe o apoio da Prefeitura Municipal.

Visite – www.tamar.org.br

Projeto Tamar Ubatuba | Rua Antonio Athanásio da Silva, 273

Telefone: (12) 3832 6202

Loja do Projeto Tamar | Rua Guarani, 835

Aquário de Ubatuba

É o primeiro privado do Brasil aberto à visitação do público e pioneiro no conceito de educação ambiental por meio do contato direto com animais. Destaca-se no país pelos projetos e realizações ao longo de 23 anos, completados em fevereiro deste ano e foi o primeiro Aquário a ter um tanque de águas vivas e de contato no Brasil.

A instituição, ainda, é premiada e reconhecida por iniciativas práticas de conservação e por ter sido a primeira em colocar em exercício iniciativas sustentáveis. Atende, gratuitamente, estudantes de escola pública da cidade mediante capacitação de professores.

O Aquário de Ubatuba funciona de domingo à quinta-feira das 10h às 20h e sexta, sábado, feriados e em temporada das 10h às 22h. O endereço é Rua Guarani, 859, Itaguá, Ubatuba/SP.

O telefone para contato é (12) 3834-1382.

aquariodeubatuba.com.br | facebook.com/aquaubatuba |

Instagram: @aquariodeubatubaoficial

Instituto Argonauta

O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos fundada em 1998 pela diretoria do Aquário de Ubatuba.

O Instituto Argonauta mantém o CRETA – Centro de Reabilitação e Triagem de Animais Aquáticos, localizado no Pereque-açu em Ubatuba, que é um CETAS para atendimento de animais aquáticos debilitados encontrados na região, desenvolve projetos com a temática do lixo no mar e resíduos sólidos, e ações de educação ambiental, além de executar o Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) no litoral Norte de São Paulo.