Pasteur bate o São José e fatura o Campeonato Paulista de Rugby 2019

Share:
Recebendo a taça do título de 2019. (Foto: Alexandre Morais/São José)

O Pasteur voltou a cantar mais alto e é o campeão paulista de rubgy de 2019. Neste sábado, o clube francês da capital paulista derrotou o São José em pleno Vale do Sol e ergueu a taça pela primeira vez desde 2015, reencontrando a glória em jogo épico de 22 x 21.

O clássico estadual coroou um campeonato bem disputado na parte de cima da tabela, mas acabou cruel com o São José, que chegou à grande final em casa como o único invicto da competição.

O jogo começou melhor para os visitantes, que, após um início de equilíbrio, marcaram o primeiro try do jogo aos 14′, com o artilheiro de tries da temporada Ronaldo disparando para finalizar bela jogada em velocidade desde o campo de defesa, que teve Luquinhas dando assistência para Devon arrancar e servir com classe Ronaldo.

A Fênix demorou a responder. O São José foi para cima e não conseguiu superar a defesa francesa nos minutos seguintes, perdendo ainda um lateral crucial no campo de ataque. Pancho, artilheiro de pontos da temporada, atipicamente desperdiçou penal tranquilo para os joeenses aos 22′, mas na sequência os anfitriões finalmente somaram seu try, com linda jogada. Patrick criou o espaço com offload para Joaco, que rompeu a defesa paulistana para Ilha desferiu outro offload de categoria de volta para Patrick finalizar.

Pasteur virou no segundo tempo e levou o título na casa do adversário. (Foto: Alexandre Morais/São José)

Tudo parecia favorecer o São José nesse momento, com Devon recebendo cartão amarelo aos 29′. Os donos da casa não perdoaram e, em scrum devastador, Ilha cravou o segundo try, abrindo 14 x 12. Mas, mesmo com um homem a menos, o Pasteur foi para cima em rápida infiltração de cobrança de Pedrinho para Henrique apanhar a bola no ruck e mergulhar para um precioso try do Galos. A conversão não entrou e o jogo foi ao intervalo em 14 x 12 para os joseenses.

O segundo tempo largou com o São José conquistando um try que parecia determinar o curso da partida. Ilha conquistou um turnover nos 22 de defesa e disparou pelo campo rumo a um magnífico try, coroando uma apresentação de gala. Porém, o Pasteur não sentiu o golpe. Raj chutou penal importante para manter os Galos a um try convertido da vitória e os visitantes mantiveram uma defesa coesa e disciplinada, sem ceder mais pontos ao São José, indo aos minutos derradeiros com mais ganho territorial. O resultado foi o try da vitória aos 75′, com Brendon recebendo no contrapé da linha defensiva joseense, após penal cobrado rápido, para cruzar o in-goal. Raj teve sangue frio e chutou a conversão da virada, 22 x 21. A reação joseense não saiu e a festa foi dos Galos em São José dos Campos.

Pancho, do São José, acabou o torneio como o artilheiro de pontos, com 128 marcados, ao passo que Ronaldo, do Pasteur, foi o artilheiro de tries, com 11 após a partida.

Classificação final
1 – Pasteur
2 – São José
3 – Poli
4 – Jacareí
5 – Band Saracens
6 – SPAC
7 – Tornados (repescagem contra o vice-campeão da Série B)
8 – Templários (rebaixado)