Núcleo da Suzano promove atividades na Semana do Meio Ambiente no Vale do Paraíba

Share:
No roteiro estão: oficinas, bate-papos, contação de histórias e ações práticas focados na importância do Rio Paraíba do Sul, preservação de recursos naturais e qualidade de vida. (Foto: Divulgação)

O Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Suzano promove a partir de hoje (segunda – 3/6) em Jacareí, Santa Isabel e Areias a Semana do Meio Ambiente, que neste ano terá como tema “Em Defesa do Rio Paraíba do Sul”, com uma série de atividades para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).

“A Semana do Meio Ambiente já se tornou uma tradição e é uma importante ferramenta para difusão de conceitos ligados à educação ambiental, preservação de recursos naturais e qualidade de vida. Ficamos muito contentes com os convites para ações com as prefeituras de Jacareí e Santa Isabel, que acompanham nossos trabalhos e são parceiras de longa data, e também com a oportunidade de participar de atividades pela primeira vez em Areias”, diz Camila Reggiani da Silva, consultora de Meio Ambiente da Suzano.

A programação começa hoje, quando acontece um bate-papo sobre a importância do Rio Paraíba do Sul e a instalação de uma cisterna de bombona na EE Prof. Benedicto Mauro dos Santos, em Jacareí (SP), com a participação de 40 alunos do 7°ano.

Na mesma data, a EMEF Prof. José Éboli de Lima recebe contação de histórias com as aventuras do personagem “Zé Paraíba” na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, entrelaçadas à história do desenvolvimento civilizatório da região, impactos ambientais e proposta para a recuperação e preservação do meio ambiente por meio de “Pequenos Gestos Ecológicos

No dia seguinte, os participantes do Projeto Ecoagentes Mirins apresentarão aos colaboradores da fábrica da Suzano em Jacareí (SP), na saída do refeitório, questões sobre o rio, com o objetivo de sensibilizar para o combate à poluição.

Santa Isabel e Areias
Em Santa Isabel (SP), será realizada uma exposição de tecnologias ambientais de baixo custo como fossa biosséptica e cisterna de bombona no dia 5/6, na quadra da EMEF Oscar Ferreira de Godoy, em parceria com a prefeitura.

No dia 6/6, as atividades serão na cidade de Areias (SP), onde ocorre expedição diagnóstica ao projeto Nascente Pedagógica, na qual representantes do NEA integrarão um grupo de especialistas em educação, meio ambiente e turismo do Comitê de Bacias Hidrográficas do Paraíba do Sul (CBH-PS) para apresentação de propostas de projetos a serem desenvolvidos na área.

A agenda volta para Jacareí no dia 7/6, com a instalação de uma cisterna de bombona na casa de dois participantes do Projeto Ecoagentes Mirins, para despertar o uso responsável desse recurso natural na comunidade local. Os escolhidos serão sorteados e, na sequência, o grupo parte para as casas para a instalação.

A programação será retomada no dia 11/6, em parceira com a Secretaria de Meio Ambiente de Jacareí e a Câmara Técnica de Educação Ambiental e Mobilização Social (CT-EAMS) do CBH-PS, que promovem o Encontro de Educadores em Defesa do Rio Paraíba do Sul, no EducaMais Jacareí.

Os participantes do Projeto Ecoagentes Mirins terão a oportunidade de mostrar ao público o resultado de seus projetos com a apresentação “Tratamento de Efluentes”, na qual enfatizam as diferenças entre o sistema convencional de tratamento de esgoto e uma tecnologia ambiental de baixo custo para locais que não possuem sistema de saneamento, evitando assim a contaminação do rio por esgoto.

Outro destaque do dia é a palestra da bióloga e socióloga Rita Mendonça, integrante da Rede Romã de Vivências com a Natureza, coordenadora no Brasil da Sharing Nature Worldwide e educadora da Escola Schumacher Brasil.

Rita é pesquisadora nas áreas de meio ambiente, filosofias da natureza e educação ambiental, com diversos artigos e quatro livros publicados. Pioneira na implementação de projetos e conferências nacionais e internacionais, ela é considerada uma referência na área ambiental e da educação ambiental vivencial, tendo ministrado cursos e palestras para ONGs, universidades, governos e empresas.

No dia 12/6, a programação do evento inclui uma oficina de PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais). A atividade contará com a apresentação dessas plantas, como elas podem ser consumidas e quais os benefícios que elas proporcionam. O objetivo é auxiliar na melhoria da qualidade de vida, uma vez que essas plantas atuam na prevenção de doenças, reduzindo assim o uso de medicamentos. Também