Brasil vence a Holanda na segunda semana da Liga das Nações Feminina

Share:

Brasil comemora ponto contra as holandesas.
(Foto: Divulgação/FIVB)
A seleção brasileira feminina de vôlei começou a segunda semana da Liga das Nações com vitória. Nesta terça-feira (28), o Brasil superou a Holanda por 3 sets a 2 (21/25, 30/28, 25/20, 18/25 e 15/11), em Apeldoorn, na Holanda. Foi a terceira vitória da equipe do treinador José Roberto Guimarães na competição.

O time verde e amarelo voltará à quadra às 11h30 (Horário de Brasília) desta quarta-feira (29.05) contra a Polônia que hoje superou a Bulgária por 3 sets a 1 (23/25, 25/21, 25/21 e 25/17).

Na classificação geral, o Brasil segue em quinto lugar, com oito pontos (três vitórias e uma derrota). Os Estados Unidos estão na liderança isolada, com 12 pontos, seguidos pela Itália, com 11, a Polônia, com 10, e a Turquia, com nove.

Gabi marcou 19 pontos para o Brasil. (Foto: Divulgação/FIVB)

Na partida desta terça-feira destaques para as ponteiras Gabi, maior pontuadora do confronto, com 19 pontos (17 de ataque, um de bloqueio e um de saque) e Tainara, de 19 anos, que entrou em quadra no segundo set e foi decisiva, com 13 acertos.

Ao final do duelo, Gabi fez uma análise da partida e elogiou a atuação de todo o grupo verde e amarelo.

“Foi uma vitória muito importante contra a Holanda. O ginásio estava lotado e a torcida fazendo muito barulho. Não desistimos da partida em nenhum momento. As jogadoras que vieram do banco foram fundamentais para o resultado de hoje. Temos um grupo muito guerreiro que teve coragem para reverter situações difíceis. Agora vamos pensar nos nossos próximos dois desafios”, disse Gabi.

A ponteira Tainara falou da emoção de defender a seleção adulta do Brasil em uma competição internacional.

“Foi uma experiência muito boa. A primeira semana em Brasília já foi incrível e me ajudou bastante. Isso tudo é muito positivo para o meu crescimento. As meninas me ajudaram bastante e consegui ficar confiante. Estou feliz de ter ajudado a equipe e espero que possamos evoluir cada vez mais na competição”, afirmou Tainara.

O treinador José Roberto Guimarães destacou a postura do grupo brasileiro que lutou durante todo o confronto.

“Queremos dar rodagem para essas jogadoras na Liga das Nações. Elas precisam passar por situações e desafios como o jogo de hoje. Foi muito bacana para essas jogadoras enfrentarem um ginásio lotado e a torcida contra. Foi um bom teste para todo esse grupo”, analisou José Roberto Guimarães.

Liga das Nações
Depois da Holanda pela terceira semana da competição, as brasileiras terão como sede a cidade de Lincoln, nos Estados Unidos. Entre os dias 4 e 6 de junho, o Brasil duelará contra Alemanha, Coréia do Sul e Estados Unidos.

Na quarta semana entre os dias 11 e 13 de junho, o time do treinador José Roberto Guimarães estará em Tóquio, no Japão, e terá pela frente as donas da casa, a Tailândia e a Sérvia. A quinta e última semana da fase classificatória acontecerá entre os dias 18 e 20 de junho em Ancara, na Turquia, e o Brasil medirá forças com a Turquia, a Itália e a Bélgica.

A fase final que reunirá a China, país sede, e as cinco seleções mais bem classificadas ao final da fase classificatória será disputada em Nanquim, na China, entre os dias 3 e 7 de julho.

Brasil – Macris, Paula Borgo, Amanda, Gabi, Bia e Mara. Líbero – Léia
Entraram – Lorenne, Roberta, Tainara, Mayany,
Técnico – José Roberto Guimarães