Vôlei Taubaté vence o Sada Cruzeiro e abre 2 a 0 na semifinal da Superliga

Por: Share:
Lucarelli foi eleito o melhor do jogo. (Foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic)

A segunda rodada da semifinal da Superliga Cimed masculina de vôlei 18/19 colocou o Vôlei Taubaté em vantagem de 2 jogos a 0 na série melhor de cinco. Na terça-feira (09), atuando no ginásio do Abaeté e embalado pelo apoio de sua fanática torcida, o time dirigido pelo técnico Renan venceu por 3 sets a 2 (25/15, 19/25, 16/25, 29/27 e 15/12) em uma partida equilibrada e bem disputada.

Com mais uma grande atuação, o ponteiro Lucarelli recebeu o maior número de votos no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, por isso, foi premiado com o Troféu VivaVôlei, de melhor da partida. Após ser eleito por votação popular, o campeão olímpico falou sobre a importante vitória conquistada nesta noite.

“A equipe do Sada Cruzeiro é muito qualificada. Eles começaram a imprimir o ritmo de saque, sofremos com isso, mas depois passamos a sacar melhor e começamos a bloquear também. Esse jogo é isso. São equipes com muita qualidade e se eu pudesse dividiria esse troféu com cada um do time. Todos ajudaram muito. E, além disso, a torcida foi fundamental. Estou realmente muito feliz. A torcida tem uma porcentagem muito grande nessa vitória”, disse Lucarelli.

Responsável por uma mudança na formação da equipe no quarto set, quando colocou o ponteiro Conte como oposto, fazendo, assim, uma linha de passe com quatro jogadores – os dois ponteiros, Lucarelli e Douglas, o líbero Thales e o próprio Conte – o técnico Renan conseguiu colaborar para mudar o rumo da partida. Após o jogo, no entanto, fez questão de dar méritos aos seus comandados.

“Quando acabou o terceiro set, conversei com o Conte, que se mostrou totalmente disponível e acabou nos ajudando muito. Essa mudança já havia sido pensada, mas foi uma solução encontrada pela necessidade do jogo. Os atletas estão de parabéns, foram voluntariosos, não desistiram em momento algum, desde o primeiro jogo, lá em Contagem, e isso foi importantíssimo para essas vitórias. Porém, sabemos que do outro lado tem um grande adversário e o nível de atenção tem que aumentar ainda mais a partir de agora”, analisou Renan.

Do lado do Sada Cruzeiro, o capitão Filipe, que entrou ao longo do jogo e teve atuação importante para o seu time, relembrou a temporada passada, quando, nesta mesma série, Taubaté abriu 2 jogos a 0 e a sua equipe virou, chegando em mais uma final e conquistando o título da Superliga Cimed.

“Depois que entrei consegui dar uma equilibrada, o time conseguiu render um pouco mais, mas faltou um detalhezinho no final e são esses detalhes que fazem a diferença. Não tem nada certo ainda. Ano passado saímos de um resultado como esse e viramos a série. Agora é chegar em casa, com a nossa torcida, e buscar um resultado positivo”, afirmou Filipe.

O terceiro confronto da série será no próximo sábado (13), às 21h30, desta vez no ginásio do Riacho, em Contagem (MG). O Sada Cruzeiro tem a vantagem de fazer mais jogos em casa por ter tido melhor campanha na fase classificatória – o time mineiro foi o segundo, enquanto o EMS Taubaté Funvic terminou em terceiro.

O outro jogo pela semifinal que seria disputado nesta noite, entre Sesc RJ e Sesi-SP, foi adiado para esta quarta-feira (10) devido as fortes chuvas que caíram sobre o Rio de Janeiro e deixaram a cidade em estado de emergência. O duelo foi remarcado para amanhã, às 16h30, no mesmo local, ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Veja também