Suzano valoriza a tradição cultural com capacitação para jovens ceramistas em Cunha

Por: Share:
Projeto Terra e Arte oferece 56 vagas neste ano. (Foto: Divulgação)

A Suzano apoia, pelo quarto ano consecutivo, o projeto Terra e Arte, que fomenta o desenvolvimento social e valoriza a tradição da produção de cerâmica de Cunha (SP). Em 2019, serão oferecidas 40 vagas para estudantes e outras 16 para moradores de Vargem do Tanque, bairro da zona rural da cidade.

O projeto é realizado em parceria com o Instituto Cultural de Cerâmica de Cunha (ICCC). Os novos cursos de nível básico e avançado têm a participação de 30 e 10 alunos da rede estadual de ensino, respectivamente. Um grupo de moradores de Vargem do Tanque, comunidade que recebe atividades do projeto desde 2017, também será contemplado. Uma novidade deste ano é que os alunos do bairro, que já participaram do projeto, passarão a atuar como divulgadores da cerâmica em outras áreas rurais de Cunha.

“O projeto trouxe muitas conquistas para a comunidade, com geração de renda, descoberta de talentos e intercâmbio internacional de alunos que se destacaram, tudo isso prestigiando a manifestação cultural mais tradicional do município. É uma iniciativa importante, que ajuda a reforçar a autoestima dos moradores”, diz o consultor de sustentabilidade da Suzano, Adriano Martins.

Os ateliês de cerâmica de Cunha (SP) são um patrimônio da cidade, que atraem muitos turistas em épocas de abertura dos fornos. O projeto Terra e Arte fortalece esse legado, oferecendo qualificação profissional para jovens que desejam desenvolver peças de cerâmica artística para decoração de interiores. O curso contempla desde o embasamento histórico da arte até a execução e acabamento das peças.

Ao final da capacitação, as obras dos alunos serão reunidas em uma exposição de arte, aberta a toda a comunidade. Além disso, as peças colocadas à venda na cidade.

Veja também