São José: Museu de Esportes traz exposição de arte naïf sobre a paixão pela bola

Por: Share:
A exposição traz reminiscências da infância do artista nos anos 1970 e sua paixão pelo futebol. (Foto: Divulgação/PSJC)

A partir da próxima segunda-feira (29), o Museu de Esportes da Prefeitura de São José dos Campos abre suas portas para a exposição A Bola, que retrata o mundo do futebol por meio da arte naïf do artista cearense Alemberg Quindins. A mostra fica aberta ao público até 31 de maio.

São 20 obras em acrílico sobre tela que reverenciam a presença da bola de futebol na infância do artista, passada nos anos 1970, quando gostava de ouvir os jogos pelo rádio e ver as imagens através da revista Placar e do cinejornal Canal 100.

Nas telas, a bola se apresenta em três dimensões: na sombreada Telstar, em lances documentados por fotógrafos da época e em uma torcida naïf, presente nos desenhos de criança do autor, quando publicava revistinhas desportivas artesanais como repórter de campo de várzea.

Bate-papo

No dia da abertura da exposição haverá dois eventos complementares. O primeiro é o Bate-Papo com o Artista, no auditório do museu, seguido de uma visita mediada à exposição. O outro é a Oficina de Futebol de Vidrinho, indicada para crianças de 8 a 13 anos. As vagas para a oficina são limitadas a dez participantes por ordem de chegada.

O Futebol de Vidrinho, segundo o artista, é uma invenção sua e de colegas da época de infância. Filho do farmacêutico da cidade, ele criou um brinquedo com vidrinhos de penicilina e benzetacil, que serviam como jogadores. Com papel, lápis de cor, tesoura e cola, pintava os uniformes dos times e os colava nos vidrinhos, desenhando os emblemas na frente e os números nas costas.

O artista

Alemberg Quindins é músico de formação popular, historiador autodidata, criador da Fundação Casa Grande-Memorial do Homem Kariri –organização não governamental que tem como missão educar crianças e jovens através da gestão cultural e do protagonismo juvenil – e consultor do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Quindins também inspirou o diretor Guel Arraes e seu personagem Xicó, do filme Auto da Compadecida, além de ter mostrado o Cariri cearense para o Brasil através do Programa Brasil Legal, da TV Globo.

A exposição chega à cidade depois de ter sido exibida no Museu Pelé, em Santos. O evento é uma realização da Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, em parceria com a Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari e com o Sistema Estadual de Museus, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Serviço

Local – Museu de Esportes – Rua Ana Gonçalves da Cunha, 340, Jardim Jussara (Estádio Martins Pereira, portão 2).

Período da exposição – 29 de abril a 31 de maio

Abertura – 29 de abril, às 10h

Horário – Segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h, com permanência até as 16h30.