Mais de 1,5 toneladas de lixo foram recolhidas na Via Dutra em 2018

Por: Share:
CCR NovaDutra realiza ações para inibir tal prática; além de poluir o meio ambiente, atitude pode ocasionar acidentes na rodovia. (Foto: Divulgação/CCR NovaDutra)

Levantamento da CCR NovaDutra mostra que em 2018, foram recolhidas 1.548 toneladas de lixo nos 402km da rodovia Presidente Dutra (RJ/SP). No ano anterior (2017), o volume retirado foi de 2.688 toneladas. Para realizar o serviço de retirada de lixo e de outros tipos de resíduos da rodovia, a concessionária conta com uma empresa contratada. São 47 funcionários e quatro caminhões atuando diariamente na limpeza da rodovia. Também são utilizadas vassouras mecânicas. Todo o material coletado é acondicionado em sacos plásticos que são transportados aos locais de destino (aterro sanitário licenciado ou cooperativa de reciclagem).

Além do resíduo orgânico jogado por motoristas, hoje, também é recolhido na via Dutra outros tipos de materiais, entre eles, ressolagens de pneus. Após a coleta, esse material é armazenado em pontos de coleta determinados e, a cada dois meses, acontece o recolhimento por uma empresa devidamente licenciada, localizada em São José dos Campos (SP). Essa empresa é responsável pela destinação ecologicamente correta dos ‘pneus inservíveis’. Eles são transformados em produtos e encaminhados para outras empresas, como cimenteiras, siderúrgicas, caldeirarias, construtoras e pavimentadoras.

De acordo com Virgílio Leocádio, Gestor de Atendimento da CCR NovaDutra, a concessionária está atenta aos cuidados com a segurança do motorista e à preservação do meio ambiente. “É muito importante que o motorista e os moradores das cidades lindeiras tenham a consciência do que representa jogar lixo para fora do carro às margens da rodovia. Essa prática coloca muitas vidas em risco”, destaca Virgílio.

Penalidades
Arremessar lixo na rodovia é crime, cabível de multa e rende pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas isso parece não inibir alguns motoristas de continuar sujando as rodovias do país. O que muitos não sabem é que esse ato, além de poluir o meio ambiente, pode ocasionar acidentes e colocar em risco a vida de outros usuários.

Jogar bituca de cigarro, por exemplo, pode iniciar um foco de incêndio às margens da rodovia. Restos de comidas atraem animais, que podem causar acidentes com veículos. Existe o risco de o lixo jogado de maneira irregular entupir o sistema de drenagem, prejudicando o escoamento da água. Em dias de chuva mais forte, por exemplo, pode ocorrer o acúmulo de água na pista (aquaplanagem), uma vez que ela não tem para aonde escorrer.

Ações de conscientização
Além do serviço de limpeza periódico da rodovia, o que proporciona segurança e torna a viagem mais agradável aos usuários, também são realizadas campanhas educativas e de conscientização, nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs) da rodovia, entrevistas e veiculação de dicas de prestação de serviço na programação da CCRFM 107,5 sobre a maneira correta de descartar o lixo.

Além disso, o Grupo CCR também promove ações do Programa Caminhos para a Cidadania, que trabalha com crianças de 4º e 5º anos de escolas públicas atitudes e conceitos de segurança no trânsito, buscando formar condutores mais conscientes. O cronograma da ação contempla uma atividade complementar chamada Campanha Caminhos da Cidadania, que trabalha com elaboração de mensagens com informações sobre segurança no trânsito e cidadania como não jogar lixo na rodovia.

Veja também