“Dia de Campo” aborda reprodução de gado de corte em Lorena

Share:
2ª edição do encontro gratuito, promovido pela Aprocorte, busca desenvolver a pecuária de corte regional. (Foto: Hyanne Patrícia)

A Aprocorte (Associação dos Criadores de Gado de Corte) realiza, em 13 de abril, o II Dia de Campo da Fazenda Boa Esperança, com o objetivo de promover um encontro entre especialistas e pecuaristas para discussão do desenvolvimento e tendências da pecuária de corte. O encontro gratuito será realizado na Fazenda Boa Esperança, em Lorena, a partir das 8h.

A programação contará com palestras técnicas sobre temas ligados à reprodução de gado de corte, a fim de capacitar os produtores e criadores da região para produção de animais de qualidade. O evento ainda contará com apresentação de bezerros de cruzamento Nelore X Angus, além de café da manhã e almoço. Especialistas irão abordar temas como IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo), doenças reprodutivas, estratégias de cruzamento e saúde de vacas para reprodução.

Segundo levantamento realizado pelas Casas de Agricultura da região, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo (SAA), entre 2017 e 2018 as microrregiões de Guaratinguetá e Pindamonhangaba, que compreendem 39 municípios, produziram um rebanho bovino de aproximadamente 562 mil cabeças.

“Observamos que a pecuária de corte está se profissionalizando no Vale do Paraíba. Muitos produtores migraram da pecuária leiteira e o corte se fortaleceu, o rebanho vem aumentando não só em quantidade, mas em qualidade, pois os produtores tem se preocupado com gado com índice de qualidade, bezerros com aptidão genética para dar resultados, com o objetivo final de ganhar dinheiro e fazer um bom trabalho na região”, explica o engenheiro agrônomo da CDRS (Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável – órgão da SAA), Márcio Aurélio Ferreira, que também é membro da Aprocorte.

Para o presidente da Aprocorte, o engenheiro agrônomo Fábio Luis Ferreira de Carvalho, o encontro é uma oportunidade para melhorar os negócios. “Queremos com o Dia de Campo fortalecer e unir a classe, para que o produtor saia do evento capacitado para aplicar em sua fazenda os conhecimentos partilhados no dia. Nosso objetivo é que a região possa produzir animais com a qualidade que os frigoríficos estão pagando”, comentou o agrônomo Fábio Luis Ferreira de Carvalho, presidente da Aprocorte.

O II Dia de Campo da Aprocorte tem o apoio de Gilberto Assumpção Reprodução e Produção de Bovinos, Tortuga, Semex, MSD Saúde Animal, Comac, Sindicato Rural de Lorena, Piquete e Canas e SAA.

Exportação: Do Vale para o mundo
Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), em 2017, o Brasil embarcou mais de 407 mil cabeças de gado vivo. Esse número quase dobrou no ano passado, saltando para 790 mil cabeças. Os principais destinos dos animais brasileiros foram Turquia, Egito e Líbano.

Proprietária da Fazenda Boa Esperança e membro da diretoria da Aprocorte, Ellen Marina é personagem deste cenário. A criadora de Lorena-SP exportou 90 cabeças de bezerros Angus para a Turquia em abril de 2018, tornando-se pioneira em exportação de gado vivo no Vale do Paraíba.

O feito se deve a muito trabalho e inovação na produção. Dona Ellen, que já trabalhou com pecuária leiteira, viu no cruzamento industrial a oportunidade de crescer na pecuária de corte. Na época, em meados de 1995, alcançou status nos leilões com animais de cruzamento Simental X Nelore.

A partir de 2016 passou a investir em IATF de Nelore X Angus e, hoje, o pasto da fazenda de 134 alqueires é dividido em 17 piquetes para manejar toda a produção. “Eu não saio mais do IATF, pois você começa a acompanhar o que há de mais moderno dentro da pecuária, você organiza a fazenda. Além disso, tenho toda orientação e assistência necessária para uma fazenda do meu porte”, contou a criadora.

Os melhores bezerros da criadora, que se tornou referência entre os pecuaristas da região, serão apresentados no II Dia de Campo.

PROGRAMAÇÃO II DIA DE CAMPO
8h – Chegada e café da manhã;
9h – “Impacto das doenças reprodutivas no gado de corte”, com João Luiz Villas Boas (consultor de pecuária MSD);
9h40 – “Como manter o ECC da vaca de cria para Estação de Monta”, com Cauê Augusto Surge (zootecnista DSM – Tortuga);
10h20 – “Estratégias de cruzamento no gado de corte”, com André de Souza e Silva (coordenador técnico de corte Semex);
11h – “Uso dos índices zootécnicos em programas de IATF” com apresentação de animais Nelore X Angus, com veterinário Gilberto Assumpção;
12h – Almoço.

Sobre a Aprocorte
Fundada em 28 de maio de 2016, a APROCORTE tem como principal objetivo o fortalecimento da cadeia produtiva de gado de corte no Vale do Paraíba. Por meio da troca de ideias e promoção de encontros, os membros da entidade buscam promover conhecimento e união entre a classe para que todos os criadores da região produzam animais de qualidade, trazendo visibilidade para os produtos locais e melhorias econômicas e sociais para todos. Busca-se, em resumo, a sustentabilidade do setor.

Acompanhe novidades sobre a Aprocorte e o II Dia de Campo no Facebook e Instagram @aprocorte.

Veja também