Cultura indígena e meio ambiente são os destaques no Sesc Taubaté

Share:
(Foto: Divulgação/Sesc)

O Sesc Taubaté oferece no sábado, dia 13, uma programação que aproximar a cultura urbana da cultura indígena, além de atividades sobre o meio ambiente e de relaxamento.

Às 14h acontece a vivencia Para Aprender o Xondaro, com membros da Aldeia Tenondé Porã. A vivência, aberta a adultos e crianças, é ministrada por indígenas da etnia guarani mbya, que ensinam a forma e a motivação dos movimentos desta tradição cultural indígena ao som de um acompanhamento instrumental ao vivo.

Também nesse horário ocorre a oficina Kokedama, Jardim por um Fio, com Embaúba Socioambiental. A palavra kokedama é uma junção dos termos Koke (musgo) e dama (bola). Nesta oficina os participantes terão contato com essa técnica oriental de cultivo, e conversarão a respeito dos ciclos biológicos e da importância do contato com meio natural para a saúde.

Mais tarde, às 15h, acontece a atividade Diversidade no Prato: comida nativa e povos Indígenas

Oficina, com Mato no Prato. O projeto tem a intenção de apresentar a cultura alimentar de públicos diversos, alimentos menos conhecidos, dar opções de preparações saudáveis e acessíveis em situações de restrições alimentares, como as alergias e as intolerâncias.

Esta atividade consiste em uma apresentação dos aspectos originais da alimentação indígena e das transformações que ela vem sofrendo. Os participantes terão contato com alimentos e utensílios pertencentes à cultura indígena com a degustação de pratos típicos.

Às 16h, acontece a apresentação do Xondaro Guarani, com membros da Aldeia Tenondé Porã. Ao som de violão, rabeca, tambor e maracá, cerca de 20 pessoas atuam em roda sob a liderança de um líder Xondaro, que os instiga aos movimentos que devem ser realizados. Após a apresentação acontece um bate-papo com o grupo.
____________________________________________________________________________________