Abertas inscrições para pescadores no 22º Festival do Camarão

Por: Share:
(Foto: Divulgação/Fundacc)

Os pescadores interessados em participar da 22ª edição do Festival do Camarão, em Caraguá, devem entregar a documentação solicitada no período de 6 a 10 de maio na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca. A tradicional festa será realizada entre os dias 12 e 21 de julho na Praça de Cultura (Avenida da Praia – Centro)

Serão concedidas 22 barracas, sendo 20 para comercialização de alimentos/refeições preparados, obrigatoriamente, à base de camarão e mandioca, das quais 19 barracas destinadas exclusivamente a membros da Associação dos Pescadores da Praia do Camaroeiro e uma a membros da Associação dos Pescadores Artesanais da Zona Sul de Caraguatatuba. As outras duas são para doces caseiros e tradicionais da região.

Os documentos necessários devem ser acessados no edital publicado no site da Fundacc – https://fundacc.sp.gov.br/regulamento-de-concessao-de-barracas-22o-festival-do-camarao-2019/ .

Os contemplados também devem participar das reuniões preparatórias como organização, manipulação de alimentos, degustação, questões sanitárias; da procissão marítima e cerimônia “Barcos ao Mar”, no dia 26 de maio de 2019, às 10h, no Entreposto de Pesca da Praia do Camaroeiro, com embarcações obrigatoriamente decoradas; nos dias do 22° Festival do Camarão, em suas respectivas barracas, à disposição para tratar de todos os assuntos ligados à gestão do espaço; entre outras.

Em relação aos pratos liberados para comercialização durante o 22° Festival do Camarão, serão permitidos porção de camarão pequeno, porção de camarão grande, espetos de camarões grandes e pequenos, porção de mandioca, porção de batata frita, porção de peixe frito, pastel de queijo, até dois pratos e (dois salgados à base de camarão, previamente determinados e aprovados pela equipe organizadora.

O Festival do Camarão é realizado pela Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba em parceria com a Associação dos Pescadores da Praia do Camaroeiro e tem apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca.

Esta festa visa a valorização, preservação, proteção e divulgação do patrimônio cultural e imaterial de Caraguatatuba para as gerações futuras, sobretudo o patrimônio cultural arraigado à vida pesqueira dos caiçaras do Litoral Norte de São Paulo.

Tem, ainda, o propósito, de ser fonte de geração de renda para a comunidade pesqueira, com exclusividade aos pescadores de camarão da Praia do Camaroeiro após o período de defeso.