São Paulo vence e assume a liderança do grupo

Por: Share:

Após três jogo, o São Paulo voltou a vencer no Paulistão, ao superar o Bragantino, por 2 a 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Os gols de Pablo e Arboleda, ambos no segundo tempo, colocaram a equipe do Morumbi na liderança do Grupo D, a frente de Oeste e Ituano.

Com a recuperação, o São Paulo chegou a 13 pontos, deixando Oeste, com 12, e Ituano, com 11, para trás. Faltando três rodadas para o final da primeira fase, o time passa a depender apenas de si para às quartas de final. Já o Bragantino segue fora da zona de classificação do Grupo C, com 10 pontos, atrás de Corinthians e Ferroviária.

O jogo
Logo no início do jogo, o São Paulo teve a oportunidade de abrir o placar aos quatro minutos, quando Arboleda encontrou espaço pela direita, se aventurou no ataque e cruzou na medida para Pablo cabecear, mas o atacante testou para fora. A resposta do Bragantino veio aos 13 minutos, em um chute colocado de Wesley, que exigiu uma grande defesa de Tiago Volpi.

Em cobrança de falta, o São Paulo tentou surpreender o Bragantino aos 14 minutos. Pablo mandou de chapa no canto esquerdo do goleiro Alex Alves, que saltou para espalmar. Outra boa jogada aconteceu aos 24, com Hernanes carregando pelo meio, fintando a marcação e deixando com Helinho, que abriu o chute, mas mandou em cima da marcação.

Na reta final do primeiro tempo, Hernanes tentou mais duas vezes. Primeiro aos 37, em cobrança de falta que exigiu mais uma defesa do goleiro bragantino. Depois, aos 42, o meia finalizou de pé esquerdo, mas sem força facilitando a vida de Alex Alves.

A segunda etapa, os dois treinadores resolveram ousar um pouco mais e Mancini tirou o zagueiro Bruno Alves para colocar Diego Souza, enquanto Marcelo Veiga colocou o atacante Adriano Paulista no lugar do volante Adenilson. Com a bola rolando, o Bragantino chegou pela direita, Matheus Peixoto cruzou e Wesley, cara a cara com Tiago Volpi, finalizou muito mal.

Mesmo com uma pressão inicial do Bragantino, foi o São Paulo quem abriu o placar, quando Volpi lançou Diego Souza, que ganhou disputa pelo alto e a bola se ofereceu para o Pablo dentro área, o atacante acertou um voleio e mandou para o fundo das redes, aos 17 minutos.

Por muito pouco o Bragantino não empatou praticamente na sequência. Vitinho recebeu pelo meio, fintou Hernanes com o corpo e mandou um lindo chute no ângulo, mas Tiago Volpi foi buscar e mandou pela linha de fundo, aos 25. Na sequência, o São Paulo ampliou. Em cobrança de escanteio pela esquerda, Nenê mandou na cabeça de Arboleda, que estou firme e ampliou a vitória com 30 minutos.

No próximo sábado (9), às 21h, o São Paulo enfrenta a Ferroviária no estádio do Morumbi, pela 10ª rodada do Paulistão. Na sexta-feira (8), o Bragantino encara o Botafogo no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, às 18h45.