Santos joga nesta quinta (7) no Pacaembu pela Copa do Brasil

Por: Share:

Pela segunda fase da Copa do Brasil, o Santos recebe o América-RN, às 21h30, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Ciente da responsabilidade do confronto, o volante Diego Pituca falou sobre a postura do time santista para conquistar a classificação no torneio nacional.

Já classificado no Paulistão, o volante Diego Pituca fala da postura que a equipe santista deve ter na partida diante do América-RN. “Demos um passo importante com a classificação antecipada no Paulista. Estamos no caminho certo, pois o Paulista é muito difícil e se classificar com três rodadas é um mérito. Não podemos bobear, não podemos perder a classificação. Vamos para cima”, disse Pituca.

Pituca também falou sobre o rodízio implementado pelo técnico Sampaoli e se mostrou disposto a mais uma vez entrar em campo como titular. “O Sampaoli está fazendo um rodízio, né? Espero que eu jogue. Quem decide é o Sampaoli, mas todos farão o melhor para conseguir bons resultados ao Santos”, completou o meio-campista.

Vale lembrar que a segunda fase da Copa do Brasil é disputada em jogo único. Se houver empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

Sonho americano
Conhecedor do futebol paulista, o técnico Moacir Júnior fez uma projeção do confronto desta quinta-feira (7). “Sabemos das dificuldades que vamos ter no jogo, mas também sabemos da grande oportunidade que teremos de mostrar o nosso trabalho e mostrar o Rio Grande do Norte para o Brasil e o mundo. Estes jogos têm uma repercussão grande. Independente disso, preparamos a equipe para fazer um jogo inteligente”, enfatizou o comandante potiguar.

Ficha técnica:
Santos x América-RN;
Horário: 21h30;
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo;
Árbitro: Daniel Nobre Bins;

Árbitro Assistente 1: Jorge Eduardo Bernardi;
Árbitro Assistente 2: Tiago Augusto Kappes Diel;
Quarto Árbitro: Adriano de Assis Miranda;
Analista de Campo: Marcelo Rogério;

Santos: Everson; Victor Ferraz, Aguillar, Gustavo Henrique e Copete; Jean Patrick (Alisson), Diego Pituca, Jean Mota, Cueva e Sánchez; Derlis Gonzáles. Técnico: Jorge Sampaoli.

América: Ewerton; Brand, Adriano Alves e Alison; Vinícius, Leandro Melo, Murici (Adenilson), Hiltinho e Kaike; Jean Patric e Adriano Pardal. Técnico: Moacir Júnior.