Pindamonhangaba lança o city tour noturno “Turisnight”

Por: Share:
Visita noturna à Fazenda Nova Gokula, no Ribeirão Grande. (Foto: Divulgação)

Pindamonhangaba está lançando um novo projeto de city tour que tem tudo para ser sucesso. É o Turisnight, um city tour noturno, gratuito, pelas ruas da cidade e sempre integrando a visita a algum local turístico de Pinda.

O projeto-piloto foi lançado na noite de quarta-feira (20), pela Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura (Departamento de Turismo), com visita guiada à Fazenda Nova Gokula. O maior templo hare krishna da América Latina estava comemorando o Ano-Novo e os visitantes puderam ter a vivência de conhecer o templo e cantar o famoso mantra “hare krishna”, participar da ceia vegana e ainda fazer uma pequena trilha no bosque, à luz de lanternas e depois, com todos os celulares apagados, ouvir os sons da natureza, do rio e ouvir as explicações do guia local, Vijaya, sobre a filosofia e o trabalho realizado na Nova Gokula.

De acordo com o idealizador do projeto, o guia Fábio Vieira, a intenção é realizar o Turisnight mensalmente. (Foto: divulgação)

“Gostei muito do turisnight. Pudemos conhecer nossa cidade em outro aspecto”, disse o participante Márcio Renato. “Quem disse que no escuro não se enxerga nada precisa visitar aquele lugar mágico, que é a Nova Gokula. Com certeza Pinda tem outros lugares assim também. Valeu a experiência”, afirmou.

De acordo com o idealizador do projeto, o guia Fábio Vieira, a intenção é realizar o Turisnight mensalmente, sempre nas noites de lua cheia para aproveitar a iluminação natural. Nem todas as edições terão visitas à Nova Gokula. A intenção é fazer visitas a locais como o Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina e até mesmo o Parque do Trabiju.

Mas o principal é, mesmo, ver o centro de Pindamonhangaba com outros olhos. E, para isso, o guia Fábio tem muitas histórias para contar. “Nosso city tour é mesclado com histórias dos prédios e locais da cidade integrando o tempo do império às décadas de 60, 70 e 80 por exemplo. Por meio das histórias dos prédios, formamos a história de Pinda, sempre em forma de bate-papo, com a participação do turismo, que acrescenta muito ao nosso repertório”, explicou Fábio. “Nossa intenção é manter viva a história de Pindamonhangaba, transmitindo para as próximas gerações a importância que nossa cidade teve e ainda tem, para que eles tenham tanto orgulho de Pinda quanto nós, que pesquisamos os fatos históricos a fundo, temos”, destacou.

Veja também