Pindamonhangaba é uma das cidades com melhor saneamento do Brasil

Share:
José Fonseca Marcondes Júnior e a secretária de Meio Ambiente da Prefeitura, Maria Eduarda San Martin, durante entrega do prêmio em SP. (Foto: divulgação)

Pindamonhangaba está entre as melhores cidades com saneamento básico do País. A cidade recebeu a premiação na quinta-feira (28), durante o II Simpósio Ranking ABES, realizado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, em São Paulo.

De acordo com levantamento da Abes para cidades de grande porte, ou seja, com mais de 100 mil habitantes, na categoria “Rumo à Universalização”, a média geral do Brasil foi de 496,05 pontos.

Pindamonhangaba obteve pontuação total de 497,73, e as notas 100 em abastecimento de água; 97,73 em coleta de esgoto; 100 em tratamento de esgoto; 100 em coleta de resíduos sólidos; e 100 em destinação adequada de resíduos sólidos, que foram os quesitos avaliados.

Estação de Tratamento de Esgoto da Sabesp, no bairro Crispim. (Foto: Sabesp/Divulgação)

Esses índices colocam a cidade em primeiro lugar entre as cidades do Vale do Paraíba com mais de 100 mil habitantes, em sétimo no Estado de São Paulo e em décimo no País.

Compõem o estudo quase 2 mil municípios cujos dados foram fornecidos ao Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS2), o que representa 34% dos municípios do Brasil e 67% da população do país. O ranking avalia o percentual de pessoas atendidas pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e também a coleta e destinação de resíduos sólidos.

Na premiação, foram contempladas 39 cidades destaque “Rumo à universalização”, sendo: 29 de grande porte e 10 de pequeno e médio portes. Pindamonhangaba está entre as cidades de grande porte, nesta ordem: São Caetano do Sul (SP), Piracicaba (SP), Curitiba (PR), Poá (SP), Santos (SP), Cascavel (PR), Maringá (PR), Leme (SP), Franca (SP), Pindamonhangaba (SP), Sertãozinho (SP), Catanduva (SP), Ribeirão Preto (SP), Londrina (PR), Birigui (SP), Taubaté (SP), São José dos Campos (SP), Cambé (PR), Salto (SP), Araçatuba (SP), Jundiaí (SP), Niterói (RJ), Botucatu (SP), São Carlos (SP), Araraquara (SP), Limeira (SP), Sorocaba (SP), Uberlândia (MG) e Pinhais (SP).

Veja também