Monsenhor italiano Marco Frisina visita Santuário de Aparecida

Share:
Compositor de renome internacional, sacerdote italiano vai apresentar hino escrito por ele em homenagem à Padroeira do Brasil. (Foto: Divulgação)

O fundador e diretor do Coro della Diocesi di Roma e maestro da Pontificia Capella Musicale Lateranense, monsenhor Marco Frisina, visita o Santuário Nacional na próxima quinta-feira (21). O religioso, responsável pela composição de músicas e melodias utilizadas nas celebrações presididas pelo Papa, no Vaticano, visita Aparecida (SP) para apresentar uma composição dele dedicada à Nossa Senhora Aparecida. A música será executada durante a missa das 18h, que será presidida pelo sacerdote na Basílica Nacional.

Esta é a primeira vez que o monsenhor italiano visita o Brasil. Entretanto, mesmo em Roma, já ouvia falar sobre o Santuário de Aparecida e a devoção à Padroeira do Brasil, o que o motivou a escrever a letra do “Hino a Nossa Senhora Aparecida”, lançado por ele no último ano.

“O objetivo primeiro da visita ao Santuário é me colocar como peregrino, como devoto de Nossa Senhora Aparecida. Na oportunidade, também gostaria de oferecer à Nossa Senhora Aparecida o hino que compus para ela”, explica o monsenhor.

Faltando poucos dias para a visita ao maior templo mariano do mundo,o sacerdote não esconde sua expectativa. “Estou no Brasil desde o dia oito de março. Tenho vivido momentos de formação, música e oração por onde passei, e, em Aparecida não será diferente. Afinal de contas, o Santuário Nacional é um lugar caro para todos nós, onde está guardada a Imagem de Nossa Senhora Aparecida”, relata.

Além de rezar diante da Imagem e de conhecer a Basílica da Padroeira do Brasil, o sacerdote ainda preside a missa das 18h de quinta-feira. A celebração, que será realizada em italiano e português, contará com a execução de músicas compostas pelo monsenhor, cantadas pelo Coral do Santuário Nacional.

A visita do religioso ao Brasil contempla uma série de congressos, apresentações e celebrações litúrgicas que acontecem desde o dia 08 de março. Além de Aparecida, o sacerdote já passou pelas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Veja também