Fortes chuvas deixam cidades de São Paulo em alerta

Share:

Devido às fortes chuvas que ocorreram na noite de domingo (10) e da madrugada desta segunda (11), vias foram alagadas impedindo a circulação do trens da Linha 10 – Turquesa, bem como a interdição de trechos da Rodovia Anchieta.

CPTM

Por conta da forte chuva que caiu no ABC paulista na noite deste domingo (10), a Linha 10 Turquesa (Brás-Rio Grande da Serra) sofreu alagamentos, impedindo a circulação dos trens.

A CPTM solicitou Paese com 100 ônibus, porém os alagamentos atingem também os vários locais, impedindo a chegada dos ônibus. Não há previsão para início da operação, por enquanto.

Anchieta

As equipes de conservação já estão no km 13 da via Anchieta e irão iniciar a limpeza das pistas centrais para liberá-las.

As pistas centrais da via Anchieta seguem com tráfego bloqueado, entre o km 10 e o km 13, reflexo do alagamento das vias após subida do nível da água do córrego do Ribeirão dos Couros. As equipes de conservação da Ecovias já estão se deslocando para efetuar a limpeza das pistas.

A Polícia Rodoviária realizou uma operação que conduziu todos os motoristas que estão com seus veículos represados na pista marginal sul da via Anchieta, até a pista norte para que sigam viagem.

Corpo de Bombeiros

Até 6h30, a corporação registrou 601 ocorrências de enchentes. No momento, são priorizados os chamados com vítimas em locais de difícil acesso, em veículos onde há possibilidade de correnteza ou em locais com risco de deslizamento.

O helicóptero Águia da PM auxilia na região da Vila Prudente, Ipiranga e avenida do Estado, devido ao transbordamento do rio Tamanduateí. Também foram registrados 54 desabamentos e deslizamentos de terra e 155 quedas de árvores.

Equipes atuam nos três deslizamentos mais graves ocorridos em: Ribeirão Pires, onde duas pessoas morreram, duas estão soterradas e duas desaparecidas; no Parque São Rafael, uma criança com parada cardíaca e a mãe foram levadas ao hospital; e em Embu, três vítimas em estado grave foram socorridas.

Em caso de emergência, ligue para a Defesa Civil 199 ou para os Bombeiros 193. Cadastre no SMS 40199 para receber alertas de chuvas da Defesa Civil.