Centro de Doenças Renais do HR promove ação com a comunidade

Share:

Para marcar o Dia Mundial do Rim, comemorado na próxima quinta-feira (14), o Hospital Regional, através do Centro Estadual de Tratamento de Doenças Renais do Vale do Paraíba, participa da Campanha, tendo como tema este ano “Saúde dos Rins Para Todos”.

O Centro Estadual é vinculado ao HR, também localizado na cidade de Taubaté, e é referência para a Região Metropolitana no tratamento conservador da Doença Renal Crônica (DRC), ou seja, o paciente que ainda não progrediu para Diálise.

Durante a ação, que acontece no Taubaté Shopping, serão realizados exames preventivos, como o teste de glicemia e aferição da pressão arterial. Também será realizado o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), bem como orientações sobre os grandes vilões para a saúde dos rins, trabalho conduzido pela Equipe de Nutrição e Médica do HR.

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia – SBN, até 2017, mais de 120 mil brasileiros faziam tratamento para Doença Renal Crônica. A situação também é preocupante quanto à fila para transplante. Ainda segundo a SBN, o número de pacientes em diálise que aguardam a doação de rim era de 31.266 no mesmo período.

O evento do Dia Mundial do Rim é destinado para toda a comunidade e de maneira gratuita. A ação acontece na área de expansão do Taubaté Shopping nesta quinta-feira, 14/03, das 10h às 18h. O endereço é Av. Charles Schnneider, 1700 – Vila Costa, em Taubaté.

Sobre o Centro Estadual de Doenças Renais
O Centro Estadual acaba de completar 10 anos e atingiu a marca de 143 mil atendimentos e mais de 2 mil pacientes em acompanhamento, tornando-se centro de referência em Ambiente Pré e Pós Transplante. A Unidade é um projeto-piloto do Governo do Estado de São Paulo, implantado no Vale do Paraíba. Sob administração da São Camilo, seu objetivo é dar suporte multidisciplinar aos pacientes portadores da doença renal, em sua grande maioria, com Diabetes e Hipertensão Arterial, garantindo a reversão de um quadro agudo ou, se crônico, um retardo na progressão da doença para a Diálise.

Seu levantamento mostra que os pacientes em acompanhamento obtiveram uma expectativa de 4 anos acrescida à sua qualidade de vida normal, já que a taxa de evolução à Hemodiálise ou Diálise Peritoneal é de 0,2%. “A nossa taxa de hospitalização é bem menor do que a esperada para esse perfil de população e isto se deve, principalmente, aos protocolos implantados para redução do risco cardiovascular, risco infeccioso, controle da pressão arterial, vacinação e constante discussão clínica dos casos”, comenta o Nefrologista do HR, Dr. Eduardo de Paiva Luciano.

O Centro Estadual de Tratamento de Doenças Renais do Vale do Paraíba está localizado na Rua Olavo Bilac, 226, no centro de Taubaté.

Centro Estadual e a DRC
Os rins são fundamentais para a manutenção do equilíbrio do organismo. Eles filtram o sangue do corpo (impurezas) e removem os produtos indesejados. De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, estima-se que 10% da população mundial tenha DRC (Doença Renal Crônica), contudo grande maioria dos pacientes falece sem sequer ter acesso a essa terapia, por falta de diagnóstico. P or este motivo, a Doença Renal Crônica entrou no calendário da atenção básica no país.

Veja também