Coronel Stanelis assume comando da Polícia Militar na RMVale e Litoral Norte

Por: Share:
Coronel Eduardo Stanelis. (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução)

O coronel José Eduardo Stanelis de Aquino assume o Comando de Policiamento do Interior 1 (CPI-1 – região de São José dos Campos), com sede em São José dos Campos. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, no sábado (9).

Stanelis chega para substituir o também coronel Lourival da Silva Junior, que esteve à frente da unidade por aproximadamente nove meses. Ele deixar o CPI-1 para assumir como comandante do Policiamento Rodoviário no Estado de São Paulo.

O CPI-1 é responsável pelo policiamento em 39 cidades, que compreende sete batalhões territoriais, sediados nas cidades de Lorena, Jacareí, Caraguatatuba, São José dos Campos e Taubaté, incluindo o 3º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP), com sede também em São José dos Campos.

CURRÍCULO DO NOVO COMANDANTE
Nascido em 13 de Agosto de 1964, natural de Ribeirão Preto, é filho do Coronel PM José Lopes de Aquino e da Sr.ª Anna Stanelis de Aquino. Ingressou em 04 de fevereiro de 1985 na Academia do Barro Branco, no Curso Preparatório de Formação de Oficiais.

Foi declarado Aspirante a Oficial PM em 15 de dezembro de 1989, após a conclusão do Curso de Formação de Oficiais e obteve as seguintes promoções, todas por merecimento, 2º Tenente PM, em 25 de agosto 1990; 1º Tenente PM, em 15 de dezembro de 1991; Capitão PM, em 25 de agosto de 2003; Major PM, em 24 de maio de 2011; Tenente Coronel PM, em 24 de maio de 2014; e Coronel PM, em 05 de maio de 2016.

Durante a carreira profissional, o Coronel PM José Eduardo Stanelis de Aquino serviu nas seguintes Unidades da Polícia Militar: Comando de Policiamento do Interior – 1 (5º BPM/I); 11º Grupamento de Bombeiros; CEOP; Centro de Altos Estudos de Segurança; 3º Grupamento de Bombeiros; 5º Grupamento de Bombeiros; Academia de Policia Militar do Barro Branco; Centro de Material Bélico; Centro de Suprimento e Manutenção de Intendência; Comando de Policiamento da Capital; Grupamento Aéreo da Policia Militar; Comando de Policiamento de Área Metropolitana Quatro; Comando do Policiamento Metropolitano; Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos.

Ao longo de sua carreira realizou vários cursos na Polícia Militar do Estado de São Paulo, tais como, o Curso Preparatório para a Formação de Oficiais (CPFO); Curso de Formação de Oficiais (CFO); Curso de Bombeiro para Oficiais (CBO); Curso de Combate a Incêndio em Navios e Instalações Portuárias; Curso Atendimento à Emergência Envolvendo Produtos Perigosos (pela BASF); Curso de Comando de Operações em Combate ao Derramamento de Petróleo no Mar – “On Scenne Commander” (pela Petrobrás/Alpina Brigs); Curso de Direito (pelo Centro Universitário Unimódulo); Pós-graduação em Direito Público (Pela Universidade Salesiana – UNISAL); Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO); Mestrado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública; e Doutorado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública.

Atuou em diversas áreas da Polícia Militar, sendo elas: Comandante de Pelotão e Instrutor na Escola de Formação de Soldados do 5º BPM/I; Comandante do Posto de Bombeiros de São Sebastião; Comandante do Posto de Bombeiros de Caraguatatuba; Comandante do 4º Subgrupamento de Bombeiros (Litoral Norte do Estado de São Paulo); Subcomandante do 3º Grupamento de Bombeiros; Subcomandante do 11º Grupamento de Bombeiros; Subcomandante do 5º Grupamento de Bombeiros; Chefe da Divisão Administrativa do Centro de Material Bélico; Chefe do CSM/M Int; Chefe do Estado Maior do Comando de Policiamento da Capital; Comandante do Comando de Policiamento de Área Quatro, na capital paulista; Comandante do Comando de Policiamento Metropolitano; e diretor da Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos, última unidade antes do CPI-1.

Veja também