Corinthians consegue empate no finalzinho do jogo em Araraquara

Por: Share:

O Corinthians perdia até os 42 minutos do segundo tempo, mas arrancou um empate, por 1 a 1, diante da Ferroviária, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. O lateral direito Diogo Mateus abriu o placar com um belo gol, e o atacante Gustavo, de volta após lesão, mais uma vez foi o herói corintiano.

Os times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 21h30, na Arena Corinthians, em São Paulo. Quem vencer garante vaga na semifinal, um novo empate, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis.

Sem Gustavo, no banco, e Boselli, vetado por problema na panturrilha, Carille optou por escalar Vagner Love no comando de ataque do Corinthians. Com o camisa 9 em campo, o time paulistano teve mais movimentação na tentativa de surpreender a Ferroviária. Os donos da casa, no entanto, conseguiram equilibrar as ações e o jogo ficou igual.

A primeira boa chance foi do lado afeano. Aos onze minutos, Léo Artur fez boa tabela pelo meio e finalizou da entrada da área, assustando Cássio. O Corinthians buscava criar as oportunidades, mas assustou apenas aos 33 minutos em jogada de bola parada que terminou com grande defesa de Tadeu após chute de Manoel.

Para o segundo tempo, o Corinthians voltou sem o goleiro Cássio, que sentiu um problema no quadril e foi substituído por Walter. Quando a bola rolou, os visitantes assustaram em chute de Pedrinho, que desviou no meio do caminho e foi para escanteio.

Sem querer dar brechas, a Ferroviária foi mortal aos nove minutos. O lateral direito Diogo Mateus acertou uma pancada de fora da área e abriu o placar, a bola ainda bateu na trave direita de Walter e morreu no fundo das redes. O caminho para os donos da casa era a velocidade. Logo em seguida, aos dez, em novo contra-ataque, Diego invadiu a área e cruzou rasteiro, a bola passou por Walter, mas não por Michel Macedo, que salvou em cima da linha.

Buscando deixar o time mais ofensivo, Carille lançou Gustavo e Jadson e o Corinthians passou a presionar nos minutos finais. Em falha na saída de bola da Ferroviária, Clayson foi esperto, roubou na intermediária, avançou até a linha de fundo e cruzou rasteiro, Gustavo apareceu na pequena área e empurrou para o gol para deixar tudo igual e deixar a disputa em aberta para a próxima partida.