Carnaval

VÍDEO: Wagner Muzak vence pela segunda vez o Festival de Marchinhas de Pinda

Por: Share:

“O fogo da paixão de carnaval” foi a grande campeã do 12° Festival de Marchinhas Carnavalescas de Pindamonhangaba, encerrado no domingo, dia 24 de fevereiro, no Largo do Quartel, com uma bonita festa e presença de muitos foliões.

A composição de Wagner Muzak, de Pindamonhangaba, interpretada pelo próprio autor, pela esposa Ana Cláudia Ribeiro e pelos amigos Nando Silva e sua esposa Suellen Ribeiro, caiu no gosto dos jurados e garantiu o primeiro lugar na edição que homenageou o carnavalesco Mirabeau. Além do troféu Alarico Corrêa Leite, a composição também faturou uma premiação em dinheiro no valor no valor de R$ 3.016,43.

Muzak e a esposa Ana Cláudia Ribeiro. (Foto: Alex Santos/PortalR3)

Essa é a segunda vez que uma composição de Muzak vence o Festival. Em 2018, ele já havia sido campeão com a marchinha “No embalo da viola…virei”. Ao lado da esposa, ele falou da alegria de vencer mais uma vez. (vídeo)

📸 Confira a galeria de fotos da final

Além do primeiro lugar, Muzak também foi premiado junto com o amigo Nando Silva em mais uma marchinha. “Essa fada”, escrita por Nando e interpretada pelos dois, ficou com o terceiro lugar em 2019.

Segunda vez que Muzak fatura o Festival. (Foto: Alex Santos/PortalR3)

A parceria de sucesso dos amigos, que são bombeiros e dura três anos, vem dando ótimos resultados. Nando comemora, acima de tudo, a amizade entre as duas famílias. (vídeo)

O segundo lugar ficou com Ladeira do Bosque, de Iago Rodrigues e Leonardo Plaza, marchinha que destaca pontos tradicionais de Pindamonhangaba.

Nando Silva e Muzak: parceria de sucesso. (Foto: Alex Santos/PortalR3)

O Zé e a Fram, de Walter Leme, interpretada por Rafael Cavalheiro e Thais Molnar, ficou com o quarto lugar nesta edição do Festival.

O troféu de Melhor Interprete foi para Júlio Baptista, com Se joga na folia. Vale destacar que em outubro de 2018 ele também foi o campeão na categoria Interpretação do Festival de Música da Juventude.

O troféu de Melhor Torcida foi para os foliões da marchinha”Sou jeca sou jóia”, que assim como a Ladeira do Bosque, destaca pontos e peculiaridades de Pindamonhangaba e de seu povo.

Já os interpretes bloco El Sombreiro, comandado por Marcão e Morotó, conquistou o troféu de Melhor Figurino com a marchinha “Louco por Carnaval!”

Alcemir Palma fala sobre o Festival de 2019. (Foto: Alex Santos/PortalR3)

O 12º Festival de Marchinhas chegou ao fim. Em 2019, foram 45 inscrições e 20 participaram das eliminatórias, sendo que as 10 melhores, disputaram a final. O secretário de Turismo e Cultura, Alcemir Palma, destacou a qualidade das composições participantes, enfatizando um ótimo trabalho dos jurados ao longo de todo o processo. (vídeo)

O Carnaval Solidário em Pindamonhangaba ainda reserva diversas outras atrações. A programação completa você confere no www.portalr3.com.br/carnaval.