Taubaté começa troca de ingressos para as finais da Libertadores de Voleibol

Share:
(Foto: Arquivo/PMT)

Nesta sexta-feira, dia 8, começa a troca de ingressos para as finais da Final Four – Copa Libertadores de Voleibol, com as equipes classificadas: Sesi (SP), Sesc (RJ), Bolívar (ARG) e a equipe EMS Taubaté Funvic por ser sede do torneio. Os jogos acontecem nos dias 12 e 13 de fevereiro, terça e quarta-feira, no ginásio Abaeté.

Agenda dos jogos:
12/02, semifinal 1, às 19h: Sesi-SP x Sesc-RJ
12/02, semifinal 2, às 21h: EMS Taubaté Funvic X Bolivar Voley (ARG)
13/02, disputa de 3º colocado, às 16h45: perdedor da semifinal 1 x perdedor da semifinal 2
13/02, final, às 19h: vencedor da semifinal 1 x vencedor da semifinal 2

As trocas acontecem em dois pontos: no ginásio da CTI, à rua das Três Meninas, s/nº (das 8h30 às 20h); e na clínica Sorridents, à Rua Conselheiro Moreira de Barros, 49, Centro (das 8h30 às 18h). A novidade é a reserva de ingresso pelo aplicativo “Vôlei Taubaté” e o torcedor deve levar sua doação no dia do jogo.

Os torcedores poderão trocar os ingressos para os dois dias de competição e o ingresso dará o direito ao torcedor acompanhar os dois jogos da rodada.

A troca será por um quilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar), que será doado às instituições de caridade da cidade.

Cada pessoa poderá trocar no máximo dois ingressos nos pontos de troca, desde que sejam apresentados os CPFs e os 2 quilos de alimento (em caso de troca de dois ingressos), para todos os tipos de ingressos. Crianças de até 4 anos não precisam do ingresso.

Já no aplicativo o CPF e e-mail cadastrados poderão reservar somente uma vez por jogo e somente um ingresso por partida. Caso o torcedor não apresente o ticket no dia do jogo e não leve o mantimento, não poderá entrar no Ginásio do Abaeté.

No total, serão disponibilizados 900 ingressos por jogo, sendo 10% reservados para atender pessoas dos grupos especiais: pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou superior a 65 anos, gestantes e as pessoas acompanhadas por crianças de colo.

Para a troca de ingressos destes grupos, devem ser apresentados documentos comprovatórios de sua necessidade de atendimento prioritário. Caso não seja apresentado nenhum documento que comprove tal necessidade, caberá à organização decidir se pode ou não realizar a troca.

A organização solicita que cada torcedor leve saquinhos plásticos para a retirada do próprio lixo produzido durante o jogo e ressalta que é proibida a entrada de instrumentos musicais, capacetes, guarda-chuvas e bebidas alcoólicas ou não, em garrafas ou latinhas. Somente será liberada a entrada de água em copos plásticos.

A recomendação é que os torcedores não deixem para trocar os ingressos na última hora, pois a expectativa é de lotação e não serão realizadas trocas na hora do jogo. Os portões do Abaeté serão abertos uma hora antes da partida.