São José registra queda no índice larvário do mosquito da dengue

Por: Share:

A primeira Avaliação de Densidade Larvária (ADL) do ano, realizada entre os dias 15 a 31 de janeiro, apontou Índice Breteau (IB) de 1,0 , o que representa queda em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foi registrada taxa de 1,4. O resultado positivo se deve às ações intensificadas da Prefeitura de São José dos Campos de combate à dengue realizadas pela Prefeitura de São José dos Campos.

O índice larvário (Índice Breteau) corresponde ao número de imóveis em que foram encontrados recipientes com larvas do mosquito Aedes aegypti durante a avaliação. O levantamento teve o objetivo de identificar os níveis de infestação das larvas do vetor que transmite doenças como dengue, chikungunya e zika. Durante a pesquisa, foram vistoriados 18.031 imóveis em 16 dias.

No total, foram pesquisadas 42 áreas de São José dos Campos, sendo que 24 apresentaram índice inferior a 1, 12 tiveram taxa de 0 e outras 18 áreas obtiveram índices acima de 1. Todas as regiões da cidade são monitoradas, incluindo os distritos de Eugênios de Melo e São Francisco Xavier.

Ações de combate à dengue

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde, já iniciou os trabalhos de arrastão, mobilização e intensificação das atividades de combate ao vetor através da análise de dados obtidos pelas leituras larvárias.

Durante a semana de 11 a 15 de fevereiro foi realizado arrastão em algumas das áreas onde houve maior número de larvas, com 8.785 imóveis vistoriados e recolhidos 1.800 kg de inservíveis.

As equipes do CCZ também realizaram atividades de mobilização social com stands, distribuição de folderes e orientação à população em áreas de grande circulação de pessoas, totalizando uma abordagem de 2.400 pessoas nesta atividade.

Cada um fazendo a sua parte

Apesar de São José dos Campos registrar baixo índice da larva do mosquito Aedes aegypti, é importante que a população continue contribuindo com ações simples e eficazes.

Veja algumas dicas abaixo:

. Não acumule água em locais abertos

. Coloque areia nos pratos de vasos de plantas

. Coloque desinfetante nos ralos

. Limpe as calhas de casa

. Use repelente

. Lave as vasilhas de água dos animais diariamente com água e sabão

. Garrafas têm que ser viradas com boca para baixo