São José: Justiça libera as obras do Arco da Inovação – Ponte Estaiada

Por: Share:
A obra vai beneficiar mais de 60 mil trabalhadores, que passam pelo trecho do Colinas em 1.246 viagens de ônibus todos os dias. (Foto: Divulgação/PMSJC)

As obras do Arco da Inovação – ponte estaiada continuam. A Justiça revogou a liminar que paralisou a obra em 15 de fevereiro. A Prefeitura retomou os serviços em ritmo acelerado.

No seu despacho, o juiz Silvio José Pinheiro dos Santos diz que “as novas e retificadas informações oficiais da Prefeitura indicam que obra em questão teria duração e utilidade compatíveis com o esperado desse tipo de intervenção urbanística”. A data prevista para a próxima audiência de conciliação continua mantida para o dia 14 de março.

Todos os serviços estão em plena execução a partir desta terça-feira (26). Máquinas e trabalhadores recomeçam os trabalhos de fundações e alargamento de vias no entorno.

A obra vai beneficiar mais de 60 mil trabalhadores, que passam pelo trecho do Colinas em 1.246 viagens de ônibus todos os dias.

Ao todo, 180 mil veículos circulam pelo local. Diminuir o tempo e o cansaço da rotina diária, no principal ponto de congestionamento da cidade, serão os principais ganhos com o Arco da Inovação.

A ponte estaiada é um método de construção mais eficaz e econômico, além do modelo ser menos agressivo ao meio ambiente.

O investimento de R$ 48,5 milhões só pode ser usado em obras de infraestrutura, não podendo ser aplicado em saúde ou educação, por exemplo.

Esse valor, destinado a obras de infraestrutura, é resultado da economia em outras licitações, como da Via Cambuí. O próprio Arco da Inovação gerou economia de R$ 14 milhões.